CLASSIFICADOS
Página Inicial » Notícias » Características importantes na seleção da raça – após adaptação
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA
vaca bonsmara

Características importantes na seleção da raça – após adaptação

Fertilidade: é a principal e mais importante característica de um rebanho. Precocidade: tanto as fêmeas como os machos são selecionados para atingir a puberdade o mais cedo possível. Intervalo entre partos: característica de grande importância dentro do sistema de avaliação da raça. Libido: característica extremamente importante e necessária aos machos. Qualidade espermática: esta é uma
Fertilidade: é a principal e mais importante característica de um rebanho.

Precocidade: tanto as fêmeas como os machos são selecionados para atingir a puberdade o mais cedo possível.
Intervalo entre partos: característica de grande importância dentro do sistema de avaliação da raça.

Libido: característica extremamente importante e necessária aos machos.
Qualidade espermática: esta é uma qualidade importante que deve ser mantida durante vários anos, mostrando que não há degeneração testicular devido ao calor dos trópicos.

PRODUÇÃO:

Ganho de peso: o animal deve ter genética de ganhar peso rapidamente.Porém, sem aumentar muito altura e tamanho. A raça deve manter porte médio.

Acabamento: o animal deve estar “acabado”, com cobertura de gordura entre 3 e 6 mm a partir de 16 ,17 @. Uma característica particular da raça é a deposição precoce de gordura por toda a carcaça.

Peso ao nascer: o animal deve nascer pequeno, facilmente e sem ajuda do criador.

Relação bezerro/vaca: a vaca deve ter porte médio e desmamar o bezerro com 50% do peso dela. Essa qualidade é muito selecionada nos rebanhos da África do Sul.

Conversão alimentar: é a busca de animais que ingerindo a mesma quantidade de alimentos ganham mais peso.

Temperamento: esta é talvez a mais importante das características que geram resultados econômicos. Pesquisas demonstram que animais mais calmos ganham mais peso e têm melhor conversão alimentar. Além de serem mais seguros no manejo, sofrerem menos acidentes e produzirem carne de melhor qualidade. Devido a tudo isso, é dada muita importância nessa avaliação, e qualquer animal macho ou fêmea que demonstre agressividade é descartado. Esse rigor nas avaliações resultou numa da raças mais dóceis conhecidas.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

canavial aditivo

Brasil pretende dobrar produção de etanol até 2030, anuncia governo

Presidente da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), Elizabeth Farina afirma que esta é a ...

confinamento-Bovino2

Uso de substância antimicrobiana em rações animais é proibido

A importação e a fabricação da substância antimicrobiana sulfato de colistina – usada como aditivo ...