CLASSIFICADOS
Página Inicial » Notícias » Fusão quase completa: alemã Bayer anuncia compra da norte america Monsanto por US$ 66 bilhões
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA
Monsanto-Soja

Fusão quase completa: alemã Bayer anuncia compra da norte america Monsanto por US$ 66 bilhões

O grupo farmacêutico alemão Bayer anunciou nesta quarta-feira ter fechado um acordo para a compra do líder mundial dos herbicidas e engenharia genética de sementes americano Monsanto por 66 bilhões de dólares, a fusão mais cara até agora de um grupo alemão. “Bayer e Monsanto assinaram nesta quarta-feira um acordo de fusão”, anunciou a Bayer em um comunicado.

A transação foi de 128 dólares por ação. O grupo alemão teve de melhorar sua oferta em várias oportunidades desde maio antes de obter o consentimento da empresa americana. “A transição une duas atividades diferentes, mas fortemente complementares” em termos de sementes, fertilizantes e pesticidas, assinala o texto.

Juntos, Bayer e Monsanto se converterão em um gigante mundial de 23 bilhões de euros (25,8 bilhões de dólares) de volume de negócios anual, com 140 mil  funcionários. Classificado de “matrimônio dos infernos” por seus detratores, a perspectiva da união entre a Monsanto e a Bayer causou fortes críticas na Alemanha, um país cuja sociedade se opõe

majoritariamente aos transgênicos.  Os ecologistas criticam em particular os pesticidas da Monsanto como o Roundup, apelidado de “assassino de abelhas”.

As distintas ofertas feitas pela Bayer desde maio, cada vez mais elevadas, haviam sido até então rejeitadas pelo grupo americano, que se mostrava aberto a negociar, mas sempre deixando claro que havia outras propostas sobre a mesa.

Só que esses misteriosos interessados jamais se revelaram.

“Realmente, a Bayer está pagando muito, portanto deverá conseguir o maior benefício da fusão”, considerou o analista do DZ Bank, Peter Spengler. A união dos dois grupos, que esperam concluí-la antes de 2017, deve aumentar o lucro bruto para em terno de 1,3 bilhão de euros (1,5 bilhão de dólares) ao final de três anos.

Reprodução correiodopovo.com.br

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

confinamento-Bovino2

Uso de substância antimicrobiana em rações animais é proibido

A importação e a fabricação da substância antimicrobiana sulfato de colistina – usada como aditivo ...

boi-gado-no-pasto-1

Amazônia pode criar 240 milhões de cabeças de gado sem desmatamento

Usando técnicas de criação sustentável e sem aumentar a área de pastagem, o rebanho bovino ...