CLASSIFICADOS
Página Inicial » Artigos » Saiba como escolher um bom reprodutor e porque estabelecer a estação de monta em seu rebanho
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA

Saiba como escolher um bom reprodutor e porque estabelecer a estação de monta em seu rebanho

Temos notado no fórum de discussão, já há algum tempo, que ainda existem várias dúvidas em relação à maneira de se estabelecer uma estação de monta e em que época do ano. Desta forma iremos abordar de forma bastante simples algumas das estratégias a serem adotadas para implantação de uma estação de monta curta.

O termo estação de monta deve ser entendido como período ou época do ano determinado para o acasalamento, alçando o máximo de gestações em curto período de tempo. Isto permite concentrar e definir estrategicamente quase todas as atividades da fazenda relacionadas ao manejo dos animais, como a estação de nascimento; épocas de vacinação e vermifugação das diferentes categorias; desmame; castração e a venda de lotes homogêneos nas épocas mais propícias.

Com o uso de época definida para estação monta é possível ter maior controle dos nascimentos, sendo possível identificar e descartar os animais com problemas reprodutivos com maior facilidade na propriedade, possibilitando aumento na safra de bezerros, e a diminuição do intervalo entre partos.

Outro benefício seria o maior aproveitamento dos touros, permitindo maior número de vacas, além de propiciar períodos longos para recuperação do animal, aumentando ainda mais sua vida produtiva. E com exames andrológicos pode-se identificar animais sub-férteis bem antes da estação de monta, e substituir por animais férteis.

Para definir qual época da estação de monta, devemos ter em mente que a vaca só vai ciclar, ou seja, apresentar cio para ser coberta na época de maior abundância de alimentos. Pois a boa nutrição é o fator crucial para obtenção de bons índices de fertilidade. No caso do Brasil a época que melhor se enquadra é o período das águas, como já é do conhecimento de todos. Com base na figura 1 os meses de outubro a maio seriam o período mais propício para estação de monta.

grafico-estacao de monta

Ao definir o período de cobertura deve-se considerar a estação de nascimento seguinte, para que a vaca venha a parir em uma época em que possa criar bem o bezerro, e atingir uma condição corporal desejável para voltar a ciclar, pois é o período de maior exigência nutricional.

Nascimentos em épocas inadequadas prejudicam o desenvolvimento dos bezerros quer seja pela maior incidência de doenças e de parasitos, ou pela menor disponibilidade de pastagens para as matrizes, durante o período de lactação. Na figura 2 ilustra os efeitos de diferentes épocas de nascimento e a estreita relação com a o peso a desmama, devido principalmente a distribuição sazonal de forragens (figura 1).

Os animais que parirem na metade para o final do período seco vão atingir o pico de produção de leite no período das águas, que não será limitado pela oferta de alimentos, o que vai refletir no maior peso do bezerro a desmama (fig. 2). Por outro lado os bezerros que nascerem ao final das águas tendem a apresentar menor peso a desmama, pois no período seco, devido a menor oferta de alimentos, a vaca vai produzir menor quantidade de leite, sendo que a desmama ocorrerá no início das águas.

Figura: 2. Mês de nascimento e peso vivo observado a desmama.

grafico-estacao de monta2

O ideal é que a vaca produza 1 bezerro por ano, sendo que para tal é necessário que ela esteja prenhe no 3o mês após o parto. Vacas com boa condição corporal tendem a se restabelecer do ciclo estral normal em 40 dias pós parto, porém isto só é possível se ela estiver em bom estado nutricional. Tradicionalmente o esquema adotado na maioria das Fazendas no Brasil de estação de monta é basicamente o da figura 3:

Figura 3: Esquematização da estação de monta, nascimento, desmama, e produção de forrageriras ao longo do ano.

grafico-estacao de monta3

Da figura acima podemos observar que:

– Parição ocorre na época mais propícia do ano para os nascimentos dos bezerros (agosto a outubro), quando é baixa a incidência de doenças, como a pneumonia, e de parasitos como carrapatos, bernes, moscas e vermes.

– A estação de monta coincide com a época de melhor qualidade e maior disponibilidade de forragem, o que proporciona condições adequadas para o restabelecimento da atividade reprodutiva de fêmeas e reprodutores, resultando em maiores índices de prenhez. O diagnóstico de gestação realizado em abril ou maio, antes do início da seca, permite identificar os animais improdutivos.

– A desmama dos bezerros aos 6-7 meses de idade, efetuada de fevereiro a abril, elimina o estresse da amamentação durante a seca.

– Descarte de vacas vazias (identificadas durante o diagnóstico de gestação) e de baixo potencial produtivo (bezerros leves à desmama), antes da seca, além de liberar o pasto para as fêmeas prenhes, possibilita a seleção de matrizes para melhor eficiência reprodutiva.

Outra alternativa para época de estação de monta, que vem sendo de certa forma difundida é realizar entre os meses de abril e junho, inclusive sendo tema de outro Radar anterior em Sistemas de Produção (Ver radar técnico: Estação de Monta e desempenho reprodutivo de vacas de corte). Adotando a estação de monta nesta, como foi mencionado naquele radar, é possivel visualizar na figura 2, o peso a desmama dos bezerros seriam menores, porém além da melhor condição corporal tanto a parição como ao início da cobertura, e a taxa de concepção também foi superior. A estação de monta neste período pode ser aproveitado de forma estratégica em sistema de produção onde deseja-se estabelecer, por motivos de estratégia de mercado, duas estações de monta.

Na estação de monta a categoria que pode ser considerada o gargalo dos índices produtivos são as vacas de primeira cria. Pois são animais jovens, os nutrientes são distribuídos preferencialmente para produção de leite, crescimento e por último reprodução.

Este fato faz com que os índices de concepção da categoria sejam bastante baixos. Para minimizar esta situação, deve-se antecipar a estação de monta das novilhas em 30 dias em relação as vacas, pois no ano seguinte elas vão ter maior tempo para se recuperar, e voltar a ciclar normalmente. Na tabela 1 é possível observar em trabalho no norte de Minas que a antecipação da estação de monta de novilhas em 30 dias, ocasionou em um maior número de vacas em cio na estação de monta seguinte, além de maior taxa de concepção .

Tabela 1: Antecipação da estação de monta de novilhas e efeitos na segunda estação de monta.

grafico-estacao de monta4

Aqueles mais atentos percebem que em propriedades em que não há estação de monta, existe um concentração natural dos nascimentos entre os meses de agosto e dezembro, devido ao maior número de acasalamentos entre os meses de outubro e março. Tal fato facilitar a implantação de uma estação de monta.

Para a implantação da estação de monta a mudança fica a critério do produtor, podendo ser gradativa, sem grandes influências na safra de bezerros, podendo levar até 4 anos para ser estabelecida, ou uma forma brusca, e pouco recomendável pois neste caso deve-se levar em conta a diminuição significativa de nascimentos no primeiro ano, apesar de no ano seguinte estar normalizada.

Vamos exemplificar como seria a estratégia para implantação de estação de monta curta entre dezembro e fevereiro, com o menor impacto:

– Mudança gradativa com pouco impacto na produção de bezerros, diminuindo em 3 meses ao ano, como no quadro abaixo. Pode-se optar ainda, além do descarte das vacas vazias ao final da estação de monta, também pelo descarte das vacas que parirem ao final da estação de nascimento, durante a fase de implantação da EM, substituindo por novilhas que iniciariam o serviço novembro.

Esquema para implantação gradativa da estação:

grafico-estacao de monta5

Uma outra forma, que provavelmente demoraria mais tempo, seria de a principio manter duas estações de montas, uma nos meses de novembro a janeiro, e a segunda entre os meses de abril e junho, com a retirada dos touros nos demais meses. Para passar para apenas uma estação de monta, basta ao descartar as vacas da outra estação, substituir por novilhas para ingressar na época desejável.

Estabelecida a estação de monta, o produtor deva estar ciente da importância do descarte das Fêmeas vazias após a retirada dos touros. Em relação a estação de monta de novilhas a duração deve ser menor que das vacas, pois se não houver falhas na detecção de cio ou com os touros, nada a impede desta categoria emprenhar com apenas 1 cobertura ou 1 única dose de sêmen. Ou seja, em 30 dias todas as novilhas que estejam ciclando devem ter apresentado cio, e pelo menos 80-90% das que apresentaram cio devem ter concebido. Sendo assim a duração da estação de monta para novilhas não deve ser superior a 60 dias, pois as que conceberem fora deste tempo, no ano seguinte serão as fêmeas “problema”.

A distribuição das atividades da fazenda com estação de monta ficam bem definidas, seguindo o esquema proposto abaixo:

Tabela 2. Cronograma mensal das principais atividades de manejo, para o período de monta de três meses.

grafico-estacao de monta6

Emprapa,1996:

cnpgc.embrapa.br

Souza, J. C.; Ramos, A. A.; Silva, L. O. C., et al. Fatores do ambiente sobre o peso ao desmame de bezerros da raça Nelore em regiões tropicais brasileiras. Ciência rural Santa Maria, v. 30, n. 5, p.881-885. 2000.

Santos, D.J. 1988. Efeito de estações de monta diferenciadas sobre a eficiência reprodutiva de novilhas de corte. Arq. Bras. Med. Vet. Zoot., v. 40, n. 3, p.248-250. 1990.

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

Se for levado em conta o cenário do ano passado, somente 41% das propriedades rurais leiteiras do país produzirão a bebida dentro dos padrões legais determinados pelo Ministério da Agricultura, conforme aponta um estudo da Clínica do Leite/Esalq-USP. Foto: Divulgação

Preço do leite ao produtor recuou 11,7% em novembro

O preço médio do leite recebido pelo produtor recuou 11,7% em novembro, na comparação com ...

vacas jersey curiosas

Revolução Jersey: a indústria do leite está mudando de cor?

Projeções indicam que em 2020 o gado Jersey representará 25% das vacas leiteiras dos EUA, ...