CLASSIFICADOS
Página Inicial » Artigos » Seis passos simples para identificar se carne bovina está fresca
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA
carne fresca

Seis passos simples para identificar se carne bovina está fresca

Doenças transmitidas por alimentos, tais como E-coli ou Salmonella é responsável por milhões de casos de intoxicação por ano. Grande parte dos casos pode ser resultado por comer carne bovina que não esteja apta ao consumo.

É fundamental armazenar a carne corretamente, porque a possibilidade de se adquirir alguma doença transmitida por alimentos é mais provável com alimentos mais velhos, seja ele qual for. Sabendo identificar se a carne bovina a ser consumida está apta ao consumo ou não, pode evitar que você experimente uma terrível intoxicação alimentar.

Passo 1

Antes de comprar qualquer tipo de carne, verifique a data de validade na embalagem. Se a carne passou da data de validade, não compre, não importa o quão baixo o preço pode ser. Se o pacote não tem uma data de validade, lote e data de embalagem não compre por razões de segurança.

Passo 2

Verifique a cor da carne, pois este é um dos principais elementos que irão alertá-lo se a carne está estragada ou não. Ela não precisa ter passado a data de validade para que esteja ruim, a cor te dá este norte. A maioria das pessoas associam a carne fresca picada com uma cor vermelho brilhante. No entanto, este não é a cor vermelha natural de uma carne já picada, pois já teve contato com oxigênio. Se a carne picada foi embalado a vácuo, a sua cor deve ser vermelho púrpura.

Passo 3

Sentir o cheiro da carne bovina é provavelmente a maneira mais fácil de saber se a carne está apta ao consumo. Independentemente do tipo de carne, se cheira mal, não deve ser consumida. Seja qual for o tipo de carne, se cheira a ranço, mofo ou algo desagradável, não é boa para comer. Caso sinta algum cheiro incomum, isto poderá significar que a carne está começando a ficar ruim, ou que se utilizou monóxido de carbono (aditivo proibido utilizado indevidamente para manter a coloração da carne) durante o embalamento da carne para manter a sua cor avermelhada bonita, inclusivamente depois de se deteriorar.

Passo 4

Perca um tempo olhando a carne de perto. Carne bovina velha normalmente pode ter uma textura viscosa ou pegajosa, que é um sinal de que as bactérias começaram a multiplicar-se sobre a sua superfície. Se você verificar qualquer tipo de elemento estranho na carne ou se ele tem áreas pretas ou verdes, isso significa que algum micro-organismo começou a crescer.

Passo 5

Para evitar que a carne bovina se torne ruim e perca suas propriedades originais, será necessário medidas de segurança para manter a carne em um estado perfeito. A temperatura é de extrema importância, seja no local da compra, seja no caminho pra casa. A carne jamais pode estar quente, ela deve ser mantida em temperaturas inferiores a 7 graus.

Passo 6

Se você quer saber se uma carne bovina já preparada está ruim, você deve verificar se a carne possui pedaços viscosos, este é o seu melhor indicador de que a carne que você está comendo é ruim. Corte a carne para dar uma olhada no interior para verificar se há manchas anormais.

DICAS: Deixando a carne bovina em um congelador por muito tempo ela não irá estragar, mas irá alterar sua cor e vai perder nutrientes. Cozinhar uma carne congelada por longo tempo, normalmente ela apresentará um gosto amargo e seco.
Não confie na data de validade presente na embalagem como um indicador de quão fresca ela é. Use seus sentidos para decidir se a carne é fresca ou não.

Autoria: Paula Martino | Carne Com Ciência

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

Foto: Fazenda Bergamini

Vermífugos na hora certa pode gerar ganhos de R$ 40 por cabeça

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita (Unesp) levantou um dado ...

bezerros nelore

Fazenda no Mato Grosso faz a desmama aos 100 dias de idade

O Nortão do MT exibia-se para Pedro e eu, agradecendo a chuva que acabara de ...