CLASSIFICADOS
Página Inicial » Notícias » Valor pago aos produtores pelo litro do leite bate recorde, alta é expressiva e chega a 30%
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA
vacas-leiteiras-barracao

Valor pago aos produtores pelo litro do leite bate recorde, alta é expressiva e chega a 30%

Alta é expressiva e chega a 30% em relação à julho do ano passado.
Em MG, região do Alto Paranaíba, o aumento foi ainda maior.

O valor médio do litro de leite atingiu um recorde real no mês de julho. Em Minas Gerais, o aumento foi ainda maior, para a satisfação dos produtores.

No sítio do produtor Sinval de Oliveira, em Patos de Minas, as 80 vacas produzem 2,2 mil litros de leite por dia. Ele está feliz da vida por conta do valor que recebeu em julho pelo litro do leite: R$ 1,55, valor que superou a expectativa.

“Superou porque eu gastei mais com meus animais, mas como eu vendo o meu leite a R$ 1,55, R$ 0,55 fica de lucro. É um bom lucro”.

E esse lucro é muito significativo para os produtores de leite da região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais. O preço de R$ 1,55 pelo litro de leite é quase 35% maior que o recebido no mesmo período do ano passado e a perspectiva é de que o preço para o mês que vem seja ainda maior.

De acordo com o presidente da Cooperativa Agropecuária de Patrocínio, a Coopa, o que explica esse bom momento é a queda na produção de leite no último ano.

“Nós temos hoje uma baixa oferta do produto, consequência de vários produtores que saíram da atividade em todo o país, tem a questão do clima, isso fez com que faltasse leite no mercado e consequentemente o preço elevou”, diz Renato Nunes dos Santos.

Na atividade há 30 anos, o produtor rural Milton Francisco, também de Patos de Minas, está pra lá de feliz com o negócio.

“Uai, esse ano pra mim está melhor que os outros. A expectativa está melhor, o preço melhor. A gente trabalha mais animado”.

Segundo o Cepea, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP, a pesquisa do valor médio é feito nos estados de Minas, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e Bahia, as principais bacias leiteiras do país.

Paulo Barbosa – Patos de Minas, MG

Reprodução do Globo Rural

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

cafe rama vermelha

Café capixaba é eleito o melhor do Brasil pela Abic

O microlote do produtor José Alexandre Abreu de Lacerda recebeu a maior pontuação no júri ...

fazenda-sustentavel-vencedores-2016

Fazenda de Mato Grosso do Sul é a campeã da sustentabilidade

A Modelo II adotou integração lavoura-pecuária-floresta e foi a vencedora do prêmio Fazenda Sustentável 2016, ...