CLASSIFICADOS
Página Inicial » Artigos » [Vídeos] Ato realizado para buscar o prazer de Deus, o Qurbani sacrifica bovinos em países islâmicos
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA

[Vídeos] Ato realizado para buscar o prazer de Deus, o Qurbani sacrifica bovinos em países islâmicos

Se encontrar alguns vídeo no Youtube não se assuste, pois é um ritual de sacrifício realizado por países que tem a religião do islamismo como predominante.

“Udhiya” é uma palavra árabe que significa “sacrifício de sangue”, e “Qurbani ‘é uma palavra persa e urdu derivado da palavra árabe “Qurban”, que significa, literalmente, um ato realizado para buscar o prazer de Deus (Allah). Tecnicamente, é usado para o sacrifício de um animal abatido por causa de Deus.

O sacrifício de um animal sempre foi uma forma reconhecida de adoração em muitas religiões, mas na “sharia” (lei islâmica sagrada) do Profeta Allah o sacrifício de um animal foi reconhecido como uma forma de adoração somente durante os três dias do mês Zulhijjah.

Qual a origem do QURBANI?

Este ato de “Udhiya” é para comemorar o sacrifício inigualável oferecidos ao Profeta Allah. Quando ele, em cumprimento a uma ordem de Allah Ta’ala transmitida a ele em um sonho, que se preparava para sacrificar seu filho amado Ismail, mas Deus Todo-Poderoso, após testar sua obediência, enviou um carneiro e salvou seu filho da morte. É a partir desse momento em que o sacrifício de um animal tornou-se um dever obrigatório a ser realizado por cada bem para fazer muçulmano.

Peculiaridades

É permitido oferecer em sacrifício um bode ou cabra, ovelha de todos os tipos, vaca, touro, búfalo ou camelo. É necessário que tenha pelo menos 1 ano de idade, macho ou fêmea . Vaca, touro ou búfalo terá que ter ao menos dois anos de idade, camelo cinco anos. Animais que são mais jovens não são adequados para Qurbani.

Visão de outras pessoas que não são praticantes da religião

Olhando os comentários abaixo dos vídeos você irá constatar muita gente revoltada com a forma que os animais são tratados, principalmente pessoas que são de ONG’s que defendem os direitos dos animais, entretanto, se olharmos a história sempre tivemos religiões que sacrificavam animais em nome de Deus. A religião é muito importante para muitas pessoas. Portanto, mesmo que você não concorde com algumas crenças, não é necessário zombar delas ou ignorá-las. Afinal, você também tem fé em algo, mesmo que seja ateu.

Outros vídeos de Qurbani

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

Foto: Fazenda Bergamini

Vermífugos na hora certa pode gerar ganhos de R$ 40 por cabeça

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita (Unesp) levantou um dado ...

bezerros nelore

Fazenda no Mato Grosso faz a desmama aos 100 dias de idade

O Nortão do MT exibia-se para Pedro e eu, agradecendo a chuva que acabara de ...