Altas do UHT e do queijo muçarela perdem força

Altas do UHT e do queijo muçarela perdem força

PARTILHAR

O leite UHT e o queijo muçarela continuam valorizados nesta segunda quinzena de junho, seguindo o mesmo movimento observado no início do mês, desencadeado pela greve dos caminhoneiros, de acordo com pesquisadores do Cepea.

No entanto, depois de altas muito expressivas, as variações observadas nesta quinzena foram menores.

De 17 a 23 de junho, o leite UHT negociado entre indústria e atacado do estado de São Paulo registrou média de R$ 2,235/litro, aumento de 3,08% em relação à semana anterior.

O preço do queijo muçarela apresentou, no mesmo período, elevação de 2,15%, fechando a R$ 20,01/kg.

Segundo colaboradores do Cepea, o aumento dos preços dos derivados está atrelado à menor oferta e ao consequente encarecimento do leite no campo.

A menor disponibilidade de matéria-prima também limita a reposição dos estoques das indústrias e dos canais de distribuição, que se esvaziaram durante a greve dos caminhoneiros.

A pesquisa do Cepea é diária e conta com o apoio financeiro da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB).

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com