App gerencia rebanho e moderniza fazendas brasileiras

App gerencia rebanho e moderniza fazendas brasileiras

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Tecnologia LeBov transforma cotidiano da pecuária, Aplicativo gerencia rebanho por meio de soluções eletrônicas, melhorando a performance e aumentando a rentabilidade

A incontestável força do agronegócio brasileiro encontra profundas raízes no gradativo e bem-sucedido processo de profissionalização dos produtores. A necessidade de inovar, competir e melhorar a rentabilidade criou um ambiente transformador, com impacto decisivo num setor cada vez mais estratégico para a economia do País. Os sistemas inteligentes representam o pilar dessa revolução. E é dentro desse contexto que o Sistema LeBov está inserido, pois utiliza dispositivos eletrônicos para melhorar a eficiência e a confiabilidade.

Foto: Divulgação

Inteligência Artificial na gestão pecuária

O LeBov é um conjunto de soluções digitais, ancoradas na inteligência artificial, que garante o rastreamento completo do rebanho. O modelo inclui aplicativo de celular compatível com todos os sistemas operacionais, recurso ContaGado de alta performance para inventariar o rebanho, brincos de ultra frequência com tecnologia de leitura a distancia, recursos de software para contagem de animais por imagens (drones), leitor manual e balança de passagem de alta precisão. Todo esse aparato visa dar suporte ao pecuarista para monitorar a evolução do gado.

Pedro Martins e Rodrigo Gonçalves / Foto: Divulgação

Pecuária de precisão

Trata-se de uma ferramenta da pecuária de precisão que, cada vez mais, revoluciona velhos hábitos, aposenta os caderninhos de anotações e coloca o produtor em outro patamar de trabalho, seja ele pequeno, médio ou grande pecuarista. Aquela cena típica do peão tentando contabilizar a quantidade de animais, sob circunstâncias adversas, passa a fazer parte do passado. Basta um leitor manual, fazendo a leitura por meio dos brincos colocados nas orelhas dos bois. Prático, rápido e preciso.

O Sistema LeBov foi desenvolvido por empresa com capital 100% nacional, fruto da união de profissionais do ramo da engenharia, tecnologia e pecuária. O principal núcleo de inteligência da plataforma fica em Campinas, Interior de São Paulo. Parte do projeto, o desenvolvimento da balança de passagem, contou, inclusive, com um financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Gado identificado eletronicamente no mangueiro / Foto: Divulgação

App trabalha sem precisar de internet

Embora a empresa use a inteligência artificial e os mais modernos modelos de gerenciamento do campo, o Sistema LeBov tem uma peculiaridade importante, que facilita a coleta de dados. Não é preciso sinal de internet para que as informações sejam inseridas no aplicativo, pois o sistema trabalha com sincronização em nuvem. Dessa forma, o pecuarista cadastra os dados em seu celular na fazenda e, depois, quando entra num espaço com cobertura de internet, as informações são carregadas imediatamente, facilitando o gerenciamento. Os relatórios são simples e fáceis de usar, podendo ser acessados, a qualquer tempo e em qualquer lugar.

É possível atingir um nível de excelência e ter rentabilidade por meio de uma gestão eficiente da propriedade

“A partir de agora começamos a entender a importância do uso da tecnologia não só em todos os processos produtivos, mas também nos controles agronômicos, zootécnicos e financeiros da atividade pecuária”, observa o pecuarista, engenheiro e cofundador da LeBov Pedro Martins. Para ele, a palavra-chave desse novo momento do agronegócio é “gestão”.

Fazenda na palma da mão

Para o engenheiro de computação e professor universitário Rodrigo Gonçalves, também cofundador da LeBov, o pecuarista brasileiro tem em seu horizonte o grande desafio da modernidade, buscando uma produção em larga escala, com alta produtividade e menor custo de produção. “É possível atingir um nível de excelência e ter rentabilidade por meio de uma gestão eficiente da propriedade, criando sistemas de controle de todos os processos que acontecem dentro e fora da porteira”, acrescenta Gonçalves, PhD em Inteligência Artificial. Para ele, ter “a fazenda na palma das mãos” não é uma expressão inatingível. “Ao contrário, produtores conscientes da revolução digital no mercado e sabedores da importância da qualificação estarão sempre um passo à frente dos demais”, reforça Gonçalves.

Conheça a plataforma LeBov.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.