Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima

PARTILHAR
gado-a-pasto
Foto: Embrapa

A esperança é um sentimento intrínseco ao ser humano. É natural, faz parte de nós e esse é um dos motivos que norteia nossa evolução.

Após um ano de poucas mudanças, com copa do mundo e eleições parece que esse sentimento tem ficado mais evidente para o brasileiro. 

De acordo com a Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) 72% da população está otimista com a economia no país, assim como sua vida financeira nos próximos meses. 

De fato, há possibilidade de mudança, principalmente se vier estruturada com as reformas necessárias e redução da burocracia. 

Os economistas também se mostram mais animados, já que que o PIB de 2019 está projetado no Boletim Focus do Banco Central em 2,55%, quase o dobro do que tivemos em 2018, em 1,30%. 

Sou zootecnista de formação, por isso, suspeito para falar do sentimento sobre a pecuária. Olhando o pecuarista então, este sim é um apaixonado. Ambas as leituras não seriam totalmente imparciais. Por isto, decidi apenas fazer uma comparação breve e simples com números. Dificilmente, eles não contam a verdade. 

O ponto chave nessa comparação foi: as duas maiores altas do PIB trouxeram implicações significativas no preço da arroba no mercado físico e no número de contratos em aberto no mercado futuro do boi gordo.

De 2006 para 2007, o PIB subiu de 4,0% para 6,1% (IBGE). Nesse período, a arroba em São Paulo teve alta de 15,1% em média e o número de contratos de boi gordo em aberto na antiga BM&F mais do que duplicou, cresceu 2,5x. 


É possível que com a arroba mais firme, o pecuarista fique mais confiante para travar seu preço

Depois disso, de 2009 para 2010, com o PIB de -0,1% para +7,5%, o movimento nos dois mercados também foi parecido. A arroba subiu de R$78,86 para R$88,51 (+12,2%) em SP, enquanto o volume de contratos em aberto ficou 1,62x maior.

Tabela 1. PIB, preço da arroba em São Paulo e número de contratos nos respectivos anos.

190103-artigo-bovo-2
Fonte: B3, Brodcast, Radar Investimentos

É possível que com a arroba mais firme, o pecuarista fique mais confiante para travar seu preço, o que estimula o mercado e chama mais categorias de participantes. Afinal, estamos falando de uma atividade cíclica de um dos maiores produtores/exportadores do mundo.

De fato, há muito trabalho a ser feito e 362 dias para acompanhar esta história, mas termino esse texto com a mesma frase do início. A esperança é um sentimento intrínseco ao ser humano. É natural, faz parte de nós e esse é um dos motivos que norteia nossa evolução.


Quer saber até quando a arroba irá subir? Até quando você deve segurar seus animais para vender pelo melhor preço? Mande seu e-mail ou acesse o link abaixo e descubra qual o melhor momento para negociar seus animais e insumos e MAXIMIZAR seus lucros!

Conheça o Pecuária de Decisão, a ferramenta que te ajuda a tomar decisões lucrativas! Clique aqui!

Fonte: Radar Investimento

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com