Queda dos prêmios e baixa demanda pressionam valores

Queda dos prêmios e baixa demanda pressionam valores

PARTILHAR

As negociações de soja em grão estão lentas no mercado interno.

A queda dos prêmios de exportação e o baixo interesse de compradores internacionais têm pressionado os valores domésticos.

Segundo colaboradores do Cepea, os vendedores que têm soja para comercializar no spot indicam preferência por vender dentro do Brasil, diante dos elevados preços dos fretes aos portos.

Compradores domésticos, por outro lado, se mostram abastecidos e com intenção de retomar as aquisições somente em 2019, na expectativa de preços menores diante da entrada da nova safra no Brasil.

Com isso, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) registrou queda de 1,7% entre 7 e 14 de dezembro, indo para R$ 80,70/sc de 60 kg na sexta, 14.

No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná recuou 1,3%, a R$ 72,52/sc de 60 kg no dia 14.

 Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com