Morre o ícone da raça Crioula

Morre o ícone da raça Crioula

PARTILHAR
Piraí 1040 do Brazão (Foto JG Martini)

O ícone da raça Crioula, Piraí 1040 do Brazão, faleceu aos 22 anos e deixa um legado para a raça

Morreu no último dia 16 de novembro, aos 22 anos, o reprodutor Piraí 1040 do Brazão. Integrante do seleto time do Registro de Mérito da ABCCC, o garanhão produzido pela Estância Firmeza pertencia a um condomínio de criadores, entre eles a Cabanha Elebê, que se manifestou nas redes sociais lamentando a perda para a raça Crioula.

O animal nasceu em 10/11/1996, com a pelagem gateada. Foi um excelente animal, se destacando pelas suas características inigualáveis. Suas progênies são destaques nas pistas e deixam qualquer um de “queixo caído” pela sua beleza.

Foto divulgação

Filho do Freio de Ouro BT Brazão do Junco na matriarca Santa Thereza Fisga, o gateado destacou-se como padrillo. Sua progênie reúne 777 descendentes diretos, sendo 79 deles pontuados – com destaque para a Freio de Prata 2009, Firmeza 1278 do 1040. Além disso, já soma 23 netos contribuintes.

Leia também:

Manifestação da grande perda para a raça na rede social:

Foto Reprodução Facebook

Morre um dos ícones da raça Mangalarga Marchador

Com informações do Blog do Freio de Ouro adaptadas pelo Compre Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com