Polícia mata peão de rodeio e gera revolta, confira o vídeo!

PARTILHAR

Ação desastrosa da polícia acabou matando um peão de rodeio, pai de família e trabalhar rural, família e comunidade pede justiça; Veja o vídeo!

Manifestação em Primeiro de Maio é realizada em razão da morte do peão de rodeio, Cristiano Batista, que perdeu a vida, no último dia 17, durante uma operação da Polícia Militar de combate a roubo de gado na região. De acordo com informações do “Repórter Paiquerê FM 98.9”, Carlos Fernandes Costa, residente no Centro de Londrina, “foi uma ação desastrosa”.

Carlos relata que a polícia realizada uma campana para surpreender ladrões de gado, e que os bandidos estariam utilizando um Fiat Uno e passariam pelo local determinado, na zona rural de Alvorada do Sul.

“Lamentavelmente, o Cristiano também estava de Uno e passou pelo local no momento errado, em que a polícia fazia a abordagem. Agentes efetuaram tiros contra o Cris, que foi atingido e morreu no local. Cristiano era morador de Primeiro de Maio, peão de rodeio conhecido na região. A família pede justiça!” – informou o Repórter 98.9 FM.

A manifestação aconteceu na tarde deste sábado (22) e reuniu cerca de 400 pessoas, entre elas, a família da vítima: esposa e filho. Em uma das faixas, os dizeres: “Poderia ser você. Mataram um pai de família por engano”.

O Compre Rural lamenta as ocorrências e se solidariza com a família e amigos do peão de rodeio. O combate ao crime organizado no campo deve continuar e ser feito, mas é preciso que estar treinados e preparados para as ações, de forma a mitigar tais situações.

Outro caso: Ladrões de gado fazem reféns mas acabam presos após caminhão quebrar

Uma combinação de sorte, ajuda da sociedade e resposta rápida da Polícia Militar de Mato Grosso levou à prisão de suspeitos de roubo de gado em uma fazenda em Reserva do Cabaçal, a quase 400 quilômetros de distância da capital, Cuiabá.

A prisão aconteceu na quinta-feira, 20, quando uma equipe do Núcleo da PM do município foi informada de um caminhão parado com problemas mecânicos na rodovia MT-175. Segundo informações, homens estariam dispensando bois na via. Os policias logo foram averiguar a denúncia.

Com a aproximação da viatura, um dos suspeitos correu para uma área de mata e foi detido tempo depois. Era um adolescente de 17 anos, carregando um revólver calibre 38, com seis munições. O homem que ficou no caminhão foi rendido e contou detalhes do crime.

O roubo de gado

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito maior de idade disse que junto de outros tinha amarado duas pessoas na fazenda para roubar o gado da propriedade usando dois caminhões.

Os policiais foram na fazenda e encontraram as vítimas amarradas. Elas contaram que por volta das 6h30 foram surpreendidos por quatro homens armados que anunciaram o roubo, e confirmaram que todo gado foi colocado em dois caminhões.

O criminoso também contou aos agentes ter sido contratado por outro homem que dava apoio na ação criminosa em um carro. Foram montados cercos em várias partes da cidade e o terceiro suspeito acabou detido na cidade de Campo Novo do Parecis pela equipe da 16ª companhia. Ele dirigia o outro caminhão com o restante do bois.

Questionado, confirmou a participação no roubo e que foi contratado para dirigir um dos veículos. O serviço era deixar o caminhão e os animais em Nossa Senhora do Livramento. Ao pesquisarem a ficha do suspeito, os policiais viram que ele era procurado da Justiça por roubo.

A PM informa que as investigações continuam a procura do quarto suspeito.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com