Programa de melhoramento genético leiteiro é lançado

Programa de melhoramento genético leiteiro é lançado

PARTILHAR
gir leiteiro
Foto: Padma Consultoria Pecuária @padmaconsultoria

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu lança o ‘PMGZ Leite Max’.

O Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ) desenvolvido para o zebu leiteiro, o PMGZ Leite terá um novo modelo de aplicação, o projeto priorizará o incremento de informações das raças zebuínas leiteiras e seus cruzamentos. O lançamento do projeto será hoje (22), às 18h no estande da ABCZ, na Megaleite, considerada a maior feira da pecuária leiteira do Brasil, a feira acontece no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG).

O ‘PMGZ Leite Max’ será disponibilizado nas comunicações eletrônicas dos criadores, considerando todas as informações genéticas e fenotípicas do rebanho. Dentre estas informações, o criador terá acesso a Relatório Individual de Lactação (RIL), Desempenho de Gado de Leite e Relatórios dos Últimos Controles. Em relação aos relatórios genéticos, será possível acessar as estimativas de PTAs (Habilidade Provável de Transmissão) de touros, matrizes e produtos jovens. Essas aferições referenciam às características avaliadas pelo programa: leite, gordura, proteína e as características lineares. Como ferramenta de gestão de recursos genéticos o programa oferece a tendência genética do rebanho e da raça, além do sistema de acasalamento, o qual pode ser executado de forma individual ou em lote.

Leia também

“O ‘PMGZ Leite Max’ vem com uma nova proposta para os associados, é um programa mais robusto em termos de incrementos de informações e de benefícios para os criadores que contribuem e fazem o controle leiteiro de forma não seletiva e de forma ampla. Com o programa teremos ganhos na qualidade e na quantidade das informações, fazendo com que o controle leiteiro seja uma importante ferramenta de seleção”, destaca Mariana Alencar, gerente do PMGZ Leite.

pmgz leite max
Foto: Divulgação

Os valores do PMGZ leite online sofrerão descontos de acordo com a relação de matrizes inscritas no controle leiteiro em relação às matrizes com parição (CDN), para os criadores que participam do PMGZ Corte, será acrescido um percentual de 20% de desconto ao obtido no PMGZ Leite Max. Para as matrizes pertencentes à categoria de registro Controle de Genealogia (CCG), será concedida isenção total. Já para as matrizes primíparas, será concedida isenção para os partos subsequente a primeira aferição. “Os pequenos e grandes rebanhos serão favorecidos à medida que é feito este incremento. O ‘PMGZ Leite Max’ prioriza o aumento das informações, como por exemplo, o controle de genealogia, importante para o conhecimento do Zebu e seus cruzamentos”, finaliza Mariana Alencar.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.