Soja acima de R$ 100/sc não garante lucro ao agricultor

Soja acima de R$ 100/sc não garante lucro ao agricultor

PARTILHAR
colheita da soja
Foto: Divulgação

Artigo “Soja a 3 dígitos não significa rentabilidade” de José Luiz Tejon; “país precisa de organização, de ordem e de progresso a nível da governança nacional”

Tenho visto agricultores felizes por que venderam a soja a 3 dígitos. Mais do que R$ 100,00 a saca. E com produtividade na faixa de 60 sacas por hectare. E quando vamos ver se tem controle de custo bem feito, não tem. E também quando vamos ver como estão seus investimentos em agricultura de precisão, ainda não estão. Investiram em máquinas modernas, robots, mas tiram muito pouco ainda dessa informação digital. E vejo outros que venderam abaixo dos 3 dígitos e estão muito mais rentáveis e seguros.

Cuidado e atenção. Ninguém sabe como será 2021. Tem produtores que já travaram o custo desta safra e da próxima. Jogaram na certeza e não na incerteza. E que já estão avançados em sistemas de controle e de precisão. Excelente. Cuidado, agronegócio não é cassino. Não sabemos como será o dólar, o que vai acontecer com a eleição nos Estados Unidos, o clima, os clientes asiáticos, com a pandemia, o governo brasileiro, e com o crescimento de todos os preços neste momento, o que pode ser uma bolha.

Nas horas boas se prepare para as difíceis. Olho no caixa, na inovação e, claro, na saúde. O Brasil viveu 7 anos de crises na sua economia de 2014 até 2020. Como um todo o agro nos tem salvado. E temos, sim, condições de crescer mais nos próximos 7 anos. Mas para isso precisaremos de organização, de ordem e de progresso a nível da governança nacional.

Nos nossos negócios individuais, seja sensato, prudente e além de ter caixa assegurado, invista na inovação, na diversificação como ilpf, hortifruticultura, etc. Hoje a principal segmentação de mercado de produtores rurais não é mais pequenos, médios e grandes e, sim, quem vai ao futuro versus quem já morreu ou está morrendo e será arrendado ou vendido. Longevidade aos nossos agricultores e pecuaristas. Hora de inovar e ter segurança de caixa. E além disso, saúde.

O país precisará de um PIB de US$ 4 trilhões até 2026, e para isso só se dobrar o tamanho do agro atual. Nós podemos.

José Luiz Tejon para a Jovem Pan.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.