Secretaria de Agricultura nega fechamento de Casas de Agricultura, em resposta à Apaer

PARTILHAR
Foto: Divulgação

A pedido dos diretores, o Secretário Itamar paralisou o tramite da proposta e em seguida encerrou esse processo

Nesse domingo (02), a Secretaria de Agricultura de São Paulo negou que a reestruturação do órgão, prevista em decreto publicado no último dia 30/12, vá levar ao encerramento do atendimento de 345 Casas de Agricultura no Estado. A nota é resposta à Associação Paulista de Extensão Rural (Apaer), que havia criticado a decisão do Governo de São Paulo de alterar o funcionamento das Casas da Agricultura no Estado, que, de acordo com a Apaer, encerraria o atendimento ao agricultor dessas unidades.


Conforme o órgão estadual, o atendimento ao agricultor continuará a existir, da maneira como sempre foi. Em nota, a Apaer havia afirmado que “apesar de não citar a palavra fechamento, o documento (…) estabelece a reestruturação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) e prevê, em vez de atendimento ao agricultor, que estas Casas da Agricultura ‘serão consideradas como unidades administrativas, não lhes correspondendo, porém, qualquer nível hierárquico'”.


Porém, segundo a Secretaria, “sem nível hierárquico” é um termo jurídico administrativo para permitir que todas as unidades tenham servidores, sem que haja a necessidade de afastamentos ou transferências. “Ou seja, o objetivo é exatamente o contrário, é manter as unidades abertas com servidores e atendendo ao agricultor paulista”, afirma o documento assinado pelo Coordenador de Comunicação da Secretaria, Octávio Muniz.


Ainda segundo Muniz, no dia 2 de junho do ano passado foi feita uma reunião na Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), em Campinas, onde estiveram presentes os quarenta diretores técnicos dos Escritórios Regionais, ocasião em que o secretário de agricultura de São Paulo, Itamar Borges, se comprometeu a não fechar nenhuma unidade.
Muniz ainda explica: “na mencionada reunião, foi discutido o processo de reestruturação que havia sido proposto pela anterior gestão. A proposta previa o fechamento de 24 Escritórios Regionais e 495 Casas da Agricultura. A pedido dos diretores, o Secretário Itamar paralisou o tramite da proposta e em seguida encerrou esse processo”, afirmou, ao assegurar o funcionamento das 345 Casas de Agricultura no Estado.

Compre Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR