Ações contra a entrada de peste suína africana no Brasil

Ações contra a entrada de peste suína africana no Brasil

PARTILHAR
SUINOS
Foto: Divulgação

Ministério da Agricultura e representantes do mercado de carnes vão analisar erros e acertos de outros países no enfrentamento do problema.

Representantes da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) receberam nesta terça-feira, dia 16, o diretor do Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários do Ministério da Agricultura, Geraldo Marcos de Moraes, em reunião conjunta das Câmaras de Sanidade e de Genética Avícola, realizada na capital paulista, para debater estratégias de prevenção à peste suína africana (PSA).

“Foram estabelecidos alinhamentos para a realização de treinamentos em conjunto com membros da iniciativa privada e do setor público, a criação de um grupo de trabalho de avaliação de riscos de PSA, entre outros”, diz a ABPA em nota.

As ações de erradicação da peste suína clássica (PSC) de estados brasileiros que não estão na área livre da enfermidade pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) também estiveram em pauta. Recentemente, a ABPA criou o Grupo Especial de Prevenção à Peste Suína Africana (Gepesa), que contará com a participação de representações regionais do setor produtivo e órgãos de pesquisa atuantes na suinocultura nacional.

O grupo avaliará estratégias adotadas internamente e analisará erros e acertos cometidos por países que enfrentaram o problema, sob a perspectiva de atuação do setor privado.

Fonte: Estadão Conteúdo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com