Agrofloresta Sintrópica trabalha com a recuperação pelo uso

Agrofloresta Sintrópica trabalha com a recuperação pelo uso

Curso-de-Agrofloresta-Sintropica
Foto: Marco Pimentel

Trabalhar em equilíbrio com a natureza é foco de sistema que tem destaque a formação do solo, regulação do micro-clima e o favorecimento do ciclo da água

Estabelecimento de áreas altamente produtivas e independentes de insumos externos tem como consequência a oferta de serviços ecossistêmicos, com especial destaque para a formação de solo, a regulação do micro-clima e o favorecimento do ciclo da água.

Trabalhar a favor da natureza e não contra ela, associar cultivos agrícolas com florestais, recuperar os recursos ao invés de explorá-los e incorporar conceitos ecológicos ao manejo de agroecossistemas são algumas das características da Agricultura Sintrópica, mas não são exclusivas dela.

Variações desses fundamentos podem estar associados respectivamente à Permacultura, à Agrofloresta, à Agricultura Regenerativa e à Agroecologia, por exemplo.

Certamente encontraremos aderência de objetivos e convergência de práticas entre essas e muitas outras práticas com bases ecológicas e, diante dos desafios ambientais que hoje enfrentamos, são todas muito benvindas e devem ser devidamente celebradas e estimuladas.

Curso-de-Agrofloresta-Sintropica
Foto: Marco Pimentel

Uma primeira e simples distinção que poderíamos fazer seria relativa ao fato de que dentro desse universo de conceitos, alguns se referem a sistemas de uso da terra enquanto que outros são sistemas de design e outros ainda uma ciência ou um movimento social e político.

Detalhes da Agrofloresta Sintrópica

Na Agricultura Sintrópica cova passa a ser berço, sementes passam a ser genes, a capina é a colheita, concorrência e competição dão lugar à cooperação e ao amor incondicional e as pragas são, na verdade, os agentes-de-fiscalização-do-sistema. Esses e outros termos não surgem por acaso, mas sim, derivam de uma mudança na própria forma de ver, interpretar e se relacionar com a natureza.

“E se nós melhorássemos as condições que damos às plantas ao invés de ficar tentando buscar características genéticas nelas que as façam aguentar os nossos maus tratos?”

A Agricultura Sintrópica é constituída por um conjunto teórico e prático de um modelo de agricultura desenvolvido por Ernst Götsch, no qual os processos naturais são traduzidos para as práticas agrícolas tanto em sua forma, quanto em sua função e dinâmica.

Na Agricultura Sintrópica o estabelecimento de áreas altamente produtivas e independentes de insumos externos tem como consequência a oferta de serviços ecossistêmicos, com especial destaque para a formação de solo, a regulação do micro-clima e o favorecimento do ciclo da água.

Via agendagotsch.com

Serviço de informação

Curso de Agrofloresta Sintrópica

11 e 12 de novembro em Campo Grande – MS
Local: Hospital São Julião
Investimento: R$ 400,00 até o dia 03 de novembro e R$ 450,00 após. Inclui: Curso, alimentação e certificado Há alojamento no valor de R$ 50
Instrutor João Gilberto Milanez Engenheiro Florestal
Informações: (67) 9 9221-0222 / 9 9878-1286

Confira o evento no Facebook

Este slideshow necessita de JavaScript.

-- conteúdo relacionado --
A palmeira que desponta como novo ‘ouro verd... Por BBC Brasil* Uma planta de uso múltiplo, no ponto para explodir comercialmente. Cotada no início dos anos 2000 como fonte promissora de biocombu...
Soja impacta na redução de desflorestamentos no Br... Impacto da moratória da soja na redução de desflorestamentos é maior do que se estimava Mapeamento realizado pela Universidade de Kansas, nos Estados...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.