Agropecuária avança em Minas, com menos mão de obra

Agropecuária avança em Minas, com menos mão de obra

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Minas tem grande avanço no setor agropecuário, mas a mão de obra não seguiu o mesmo ritmo

As terras usadas pela agropecuária cresceram em Minas Gerais nos últimos 11 anos, com avanços importantes em absorção de tecnologia e maior produtividade, mas os avanços também pecaram, quando analisados o encolhimento das lavouras permanentes, o baixo grau de instrução dos trabalhadores rurais e o intenso aumento do número de propriedades que lançaram mão dos agrotóxicos.

Esste é o retrato da nova realidade no campo, de acordo com os resultados preliminares do Censo Agropecuário 2016/17, divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estado seguiu a tendência vista no Brasil, com algumas diferenças, abrigando 607.448 estabelecimentos agropecuários, aumento de 10% em relação ao censo de 2006, espalhados numa área 14% maior, verificada no ano passado, de 37,9 milhões de hectares.

O crescimento em área no estado, de 4,8 milhões de hectares, foi como incorporar toda a extensão do Rio de Janeiro.

Confira a notícia na íntegra no site do Estado de Minas

Fonte: Estado de Minas

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com