Alerta: riscos de mais paralisações de plantas frigoríficas brasileiras

Alerta: riscos de mais paralisações de plantas frigoríficas brasileiras

PARTILHAR
carcacas-bovinas-no-frigorifico
Foto: Divulgação

Aumenta a chance de contaminações por Covid-19 entre funcionários que atuam no chão das fábricas, diz banco. Situação preocupa frigoríficos no Brasil!

A disseminação da Covid-19 continua em um ritmo crescente no Brasil, e os riscos de possíveis impactos na indústria brasileira de processamento de carne bovina colocou o mercado em alerta, destaca relatório divulgado nesta terça-feira, 27 de maio, pelo banco de origem holandesa Rabobank.

Em 18 de maio, relembra a instituição, três fábricas de frango localizadas no Rio Grande do Sul tiveram que cessar as operações devido à falta de mão-de-obra ocasionada pela pandemia do novo coronavírus – “e existem possibilidades de outros setores também se tornarem afetados, levando a limitações no suprimento de carne”, observa o banco.

Do lado da oferta, a produção de carne bovina tem sido menor desde o começo do ano – os abates de bovinos caíram 9% no primeiro trimestre, frente igual período do ano anterior, ressalta o Rabobank.

Essa menor disponibilidade de animais prontos, diz o banco, reflete o período de maior participação de fêmeas nos abates gerais nos últimos dois anos. O abate de novilhas, aponta o banco, cresceu 18% e 11% em 2018 e 2019, respectivamente, o que reduziu a capacidade de criação de bezerros nas fazendas.

Fonte: Portal DBO

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com