Alta do dólar e menor oferta na ar elevam preços internos

Alta do dólar e menor oferta na ar elevam preços internos

A valorização do dólar, a menor oferta na Argentina e expectativas de aumento nas exportações brasileiras impulsionaram os preços internos da soja em grão, que estão, agora, nos maiores patamares do ano.

O movimento de alta nos valores, no entanto, foi limitado pelas expectativas de safra volumosa no Brasil, fundamentadas na boa produtividade em áreas que já estão sendo colhidas, segundo produtores consultados pelo Cepea.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) aumentou 2,25% entre 2 e 9 de fevereiro, a R$ 73,36/sc de 60 de kg na quinta. No Paraná, o Indicador CEPEA/ESALQ subiu 1,68%, a R$ 68,39/sc de 60 kg.

Fonte: Cepea

-- conteúdo relacionado --
Seguro Rural pagou à produtores R$ 3 bilhões em 10... Produtores receberam quase R$ 3 bilhões em indenizações do seguro rural em 10 anos Dados constam de relatório de sinistros divulgado, nesta quarta-fe...
Cooperativa utiliza sistema inovador de armazename... O sistema de armazenagem é uma tecnologia canadense, de uso temporário, está sendo aplicada em Primeiro de Maio, na região de Londrina. O sistema de ...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com