Alta do dólar e menor oferta na ar elevam preços internos

Alta do dólar e menor oferta na ar elevam preços internos

PARTILHAR

A valorização do dólar, a menor oferta na Argentina e expectativas de aumento nas exportações brasileiras impulsionaram os preços internos da soja em grão, que estão, agora, nos maiores patamares do ano.

O movimento de alta nos valores, no entanto, foi limitado pelas expectativas de safra volumosa no Brasil, fundamentadas na boa produtividade em áreas que já estão sendo colhidas, segundo produtores consultados pelo Cepea.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) aumentou 2,25% entre 2 e 9 de fevereiro, a R$ 73,36/sc de 60 de kg na quinta. No Paraná, o Indicador CEPEA/ESALQ subiu 1,68%, a R$ 68,39/sc de 60 kg.

Fonte: Cepea

-- conteúdo relacionado --
Com demanda reduzida, preço do animal vivo recua As menores demandas doméstica e externa continuam pressionando os valores do animal vivo no mercado interno. Conforme colaboradores do Cepea, a procu...
Colheita do milho tem leve avanço no Rio Grande do... A evolução semanal foi de apenas 2 pontos percentuais para 32% da área cultivada, em linha com a média histórica O informativo semanal divulgado nest...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com