Altas nos preços da arroba do boi gordo

Altas nos preços da arroba do boi gordo

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

A escassez de boiadas associada ao início do mês fez com que os frigoríficos apresentassem um comportamento mais comprador na última sexta-feira (28/8).

Com isso, a cotação do boi gordo subiu em São Paulo. Segundo levantamento da Scot Consultoria, a cotação bruta do boi gordo está em R$232,00/@, à vista, R$231,50/@, descontado Senar, e em R$228,50/@, livre de impostos (Funrural e Senar).

Para bovinos jovens, classificados para a China, os negócios estão em até R$235,00/@ para o macho, e em R$223,00/@ para as novilhas, preços brutos e à vista. Poucos negócios acima destes valores foram apregoados.

No Acre, a cotação do boi gordo ficou em R$205,00/@, bruto e à vista. Alta de 6,3% em sete dias.

As vacas e novilhas estão cotadas em R$200,00/@, bruto e à vista, R$199,50 com desconto do Senar, e em R$197,00, livre de impostos (Senar e Funrural), nas mesmas condições.

No Sudeste de Mato Grosso, a pouca oferta e as escalas de abate curtas motivaram uma alta de R$1,00/@ do boi gordo na comparação diária. O boi gordo ficou cotado em R$217,00/@, bruto e a prazo, R$216,50/@ com o desconto do Senar e R$213,50/@, livre de impostos, nas mesmas condições.

Fonte: Scot Consultoria 

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com