Amaggi compra complexo de silos por R$ 26,92 milhões

Amaggi compra complexo de silos por R$ 26,92 milhões

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Instalação tem capacidade de armazenar até 27 mil toneladas de grãos, como soja e milho; Roraima vende em leilão para a Amaggi complexo de silos.

A Amaggi arrematou na quinta-feira (18/2) o complexo de silos da região de Monte Cristo, zona rural de Boa Vista, colocado em leilão pelo governo de Roraima. A empresa arrematou a unidade beneficiadora de grãos localizada na BR-174 por R$ 26,92 milhões. O lance mínimo era de R$ 14,92 milhões. A instalação tem capacidade de armazenar até 27 mil toneladas de grãos, como soja e milho.

Em nota, o governo de Roraima informa que o leilão público foi realizado, exclusivamente de forma eletrônica, com transmissão em tempo real por áudio e vídeo, na modalidade de maior lance ofertado.

“Administrar armazenagem de grãos não é função do Estado”, disse o governador Antonio Denarium (sem partido), no comunicado. “O governo tem que cuidar do bem estar da população através da saúde, educação, infraestrutura e não armazenagem de grãos. Temos que zelar pelo patrimônio público e pelas finanças do governo de Roraima.”

AMAGGI Agro

Na AMAGGI AGRO atuamos na produção agrícola de soja, milho e algodão em grande escala e investimos no desenvolvimento da Agricultura de Precisão (AP), um conjunto de técnicas e metodologias inovadoras que visa aperfeiçoar o manejo das culturas e potencializar áreas produtivas para que produzam mais, sem a necessidade de novas áreas de plantio.

Tais tecnologias regulam também a utilização dos insumos agrícolas, permitindo o uso racional de corretivos, fertilizantes e de defensivos agrícolas, reduzindo assim progressivamente os impactos ao meio ambiente.

Safra 2020: Mais de 1 milhão de toneladas de grãos e fibras produzidos em aproximadamente 258 mil hectares

Logística e Operações

A logística tem grande importância para a sustentabilidade e a eficiência das nossas operações, que ocorrem nos principais portos e corredores de exportação do país. A partir do alinhamento entre as possibilidades comerciais e a capacidade operacional instalada, desenhamos uma estratégia logística específica para cada safra.

Navegação

A AMAGGI Logística e Operações concentra-se sobretudo nas operações de navegação. Criamos e administramos o Corredor Noroeste de Exportação, formado pelos rios Madeira e Amazonas, por onde são escoados os grãos das regiões noroeste de Mato Grosso e sul de Rondônia há mais de 20 anos. Para isso, contamos com uma das maiores frotas fluviais da América Latina.

As embarcações são monitoradas por satélite e utilizam cartas eletrônicas de navegação. Um comboio formado por 20 barcaças é capaz de transportar cerca de 40 mil toneladas de grãos, o que equivale à carga de 1.000 caminhões.

Além disso, temos um estaleiro, em Itacoatiara, para manutenção das embarcações da nossa frota.

Também atuamos no Corredor Tapajós-Amazonas, em uma joint venture (Unitapajós) com a Bunge para o transporte de grãos entre Miritituba e Barcarena, no Pará.

Transporte Rodoviário

Investimos na expansão da integração entre os sistemas ferroviário e rodoviário, o que oferece ganhos em agilidade, economia e impacto ambiental.

Possuímos nossa própria frota rodoviária, que atende principalmente a rota que leva ao Corredor Madeira. E investimos significativamente em infraestrutura para garantir a chegada da produção nos armazéns e fábricas.

Operações

Na área de Operações, contamos com três unidades de esmagamento de soja, localizadas em Lucas do Rio Verde (MT), Itacoatiara (AM) e em Fredrikstad (Denofa/Noruega), e uma fábrica de fertilizantes, em Comodoro (MT).

Também administramos armazéns de grãos em vários municípios de Mato Grosso, estrategicamente posicionados para melhor atender os produtores rurais parceiros.

Rotas de Escoamento

Nossas operações ocorrem nos principais corredores de exportação do país. Investimos na infraestrutura para distribuir nossos produtos local e globalmente, promovendo uma cadeia de valor cada dia mais sustentável.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com