Analisador portátil que mede a umidade do milho chega ao Brasil

PARTILHAR
JOB-IAT-Analise-de-umidade-do-milho-no-campo-com-o-equipamento-israelense-SCIO-FOTO-DIVULGACAO
Foto: Divulgação

Análise de umidade do milho no campo com o equipamento israelense SCIO; proposta é colocar tecnologias disruptivas à disposição dos agricultores

Chega ao Brasil diretamente de Israel o analisador portátil SCIO, que mede a umidade do milho, diretamente na lavoura, em segundos. SCIO é rápido, preciso e altamente confiável, e contribui para o aumento dos níveis de qualidade e segurança dos insumos na cadeia da produção de alimentos.

“Israel é reconhecido como um país que supera suas adversidades climáticas com o uso intensivo de tecnologia – inclusive no campo. SCIO cumpre a importante missão de agilizar com extrema segurança e confiabilidade a análise da umidade, indicador essencial para o sucesso da produção de milho”, explica Abe Magid, diretor da Israel Agro Tech (iAT).

Análise de milho em campo, sem descasque
Foto: Divulgação

“A proposta da iAT é colocar tecnologias disruptivas à disposição dos agricultores e indústrias envolvidas nos diversos segmentos da cadeia dos alimentos. O analisador portátil SCIO é o primeiro item de uma completa linha que virá em breve”, complementa Doron Sadka, diretoria da iAT.

Detectar o teor de umidade é essencial para saber o momento certo da colheita do grão. Importante: SCIO faz a análise rápida, sem a necessidade de debulhar a espiga. Para isso, basta escanear os grãos de milho para análises rápidas e precisas. O equipamento analisa umidade de 8% a 80%.

“Esse equipamento que cabe na palma da mão oferece uma contribuição importante para os agricultores e indústrias na medida em que ajuda a prevenir o rendimento da cultura, minimizando os recursos de secagem do grão”, detalha Magid.

Além de prático, rápido e eficaz, SCIO exibe os resultados atuais e históricos, rastreia a localização de cada análise e ajuda a prever as datas ideais de colheita.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com