Anec reduz projeção de exportação de soja em agosto

PARTILHAR
soja sendo carregado no porto em navio exportacao
Foto: Divulgação

Caso se confirme, o volume, no entanto, ainda superaria o total de 5.574 milhões de toneladas embarcado pelo país em agosto do ano anterior.

As exportações de soja do Brasil devem alcançar ao menos 5.986 milhões de toneladas em agosto, estimado nesta terça-feira (24/8) a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), ao reduzir sua previsão antes da semana anterior, quando projetava 6.249 milhões.

Caso se confirme, o volume, no entanto, ainda superaria o total de 5.574 milhões de toneladas embarcado pelo país em agosto do ano anterior, anterior aos dados.

Em contrapartida, a associação informou que as exportações de milho atingirem neste mês até 4.737 milhões de toneladas, ante 4.527 milhões vistos na semana passada, em meio ao avanço na colheita da segunda safra.

Apesar da elevação na estimativa para o cereal, o volume ainda está atrás dos 6,68 milhões exportados pelo país em agosto de 2020.

No caso da soja, a Anec considera também a possibilidade de uma exportação de até 6,5 milhões de toneladas neste mês, no intervalo mais alto da previsão.

Para o milho, a associação cita a possibilidade de que ao menos 4 milhões de toneladas embarcadas em agosto, o volume que, se confirmado, representa uma queda ainda mais intensa no comparativo anual.

Fonte: Reuters

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com