Arroba terá semana de preços recorde, confira!

Arroba terá semana de preços recorde, confira!

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

A previsão de alta para arroba na semana seguinte à comemoração do Dias dos Pais, deverá ser impulsionada pela baixa oferta de boiadas e aquecimento das exportações.

Durante esta semana, os preços do boi gordo continuaram em trajetória de alta na maior parte das regiões pecuárias do Brasil, informa a IHS Markit. “Os ajustes positivos são resultado do descompasso entre oferta e demanda, já que, em um momento de recuperação das vendas de carne bovina no mercado doméstico, além da manutenção do ritmo aquecido das exportações, a oferta de animais disponíveis não é suficiente para atender os compromissos de abate das indústrias”, justifica a consultoria paulista.

A recuperação parcial do consumo interno de proteínas se deve sobretudo à entrada de massa salarial de parte da população na virada do mês abertura gradual das atividades em alguns centros urbanos, além das comemorações de Dia dos Pais neste domingo.

Fechamento da Semana

Agrobrazil

O indicador do Cepea fechou a semana cotado em R$ 225,45/@, uma grande queda em relação ao dia anterior. Já a média do app da Agrobrazil, fechou a semana cotado em R$ 228,26, com preços variando de R$ 226 a R$ 230/@, na praça de São Paulo.

Pecuarista de Feira de Santana, na Bahia, informou hoje no app da Agrobrazil, a negociação do lote de animais por R$ 250/@, com prazo de 30 dias para o pagamento e abate para o dia 10 de agosto.

O diferencial de base em relação a São Paulo, acabou se invertendo em alguns estados, como Minas Gerais e Bahia, onde a arroba teve grande valorização no decorrer desta semana. Lembro que Minas tem se destacado quanto a exportação de carne bovina.

Safras&Mercados

A demanda de carne bovina foi positiva no mercado interno durante a semana. O Dia dos Pais foi um elemento adicional que favoreceu a reação dos preços. “Outro aspecto que permanece sólido e atuação da China nas importações, ainda buscando corrigir o déficit proteico formado pela peste suína africana”, afirma Iglesias.

  • Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista ficaram em R$ 226 por arroba arroba.
  • Em Uberaba (MG), os preços seguiram em R$ 223 por arroba.
  • Em Dourados (MS), continuaram em R$ 219 por arroba.
  • Em Goiânia (GO), o preço indicado foi de R$ 220 a arroba.
  • Já em Cuiabá (MT), ficou em R$ 205 por arroba.

Futuro do Boi Gordo

A dificuldade dos frigoríficos em preencher as programações de abate é demonstrada pelas escalas, que atendem, em média, quatro dias – em algumas praças, estão encurtadas em apenas um ou dois dias.

Ao longo da próxima semana, prevê a IHS Markit, as expectativas apontam para consumo de proteínas mais ativo nos grandes centros urbanos, favorecendo o escoamento dos cortes bovinos para os atacados. “Este cenário pode impulsionar ainda mais o ritmo dos abates nas plantas frigoríficas”, destaca a consultoria, acrescentando que a “tendência é de que as cotações da boiada gorda continuem em alta no Brasil ao longo da primeira metade de agosto”.

Além das perspectivas para o mercado doméstico, o desempenho da carne brasileira no mercado internacional segue bastante positivo, impulsionada pelo firme apetite dos países asiáticos, principalmente a China.

O cenário no curto prazo é de sustentação nos atuais preços com um viés de alta nas cotações do boi gordo. Tudo irá depender da demanda interna que, se manter o crescimento e aceitar os valores atuais mais elevados da carne, podem fazer com que os preços da arroba ultrapassem os patamares dos R$ 235,00/@ e até mesmo buscar os R$ 240,00/@ nos próximos dias.

Na avaliação da consultoria, é possível que ocorra um aumento de oferta de animais terminados apenas no final de agosto e início de setembro, com a entrada tardia de lotes oriundos do primeiro giro de confinamento. Nos contratos a termo negociados na B3, segundo informa a IHS Markit, os indicadores de setembro e outubro fecharam o dia de ontem em R$ 224,50/@, abaixo das máximas semanais negociadas em SP no mercado físico.

Compre Rural com informações da Agrobrazil, Portal DBO, IHS Markit e Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.