As altas continuam no mercado do boi gordo

As altas continuam no mercado do boi gordo

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

De modo geral, as indústrias que precisam reabastecer os estoques de carne para a semana seguinte entraram nas compras ofertando preços maiores. 

O mercado do boi gordo esteve firme na última semana de junho. 

De modo geral, as indústrias que precisam reabastecer os estoques de carne para a semana seguinte entraram nas compras ofertando preços maiores. 

No fechamento da última quinta-feira (27/6), as valorizações do boi ocorreram em oito praças pecuárias, distribuídas entre os estados da Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins. 

A maior alta foi no Triângulo Mineiro e a cotação subiu R$1,50/@ no pagamento a prazo. Na região, as escalas de abate giram em torno de três dias.

A arroba paulista teve aumento de 0,6% na comparação dia a dia e fechou cotada em R$157,50 a prazo, livre de Funrural. No estado, a disponibilidade de animais é de lotes menores e a indústria encontra dificuldade em alongar as programações de abate.

O mercado atacadista de carne bovina com osso também segue firme e o boi casado de animais castrados teve alta de 1,1% frente ao último levantamento, cotado atualmente em R$10,25/kg.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com