Bayer pretende disponibilizar 100 cultivares de soja com nova tecnologia em 22/23

PARTILHAR
Foto: Divulgação

O cenário é cada vez mais desafiador, pois a “régua” de produtividade aumenta. “Buscamos um rendimento cada vez maior em cada cultivar”, explica.

A Bayer quer disponibilizar 100 cultivares com a nova biotecnologia Intacta2 Xtend na safra 2022/23. A
estimativa foi feita por Alexandre Dessbesell, gerente técnico de desenvolvimento de mercado de soja, em entrevista à Agência Safras, durante o IX Congresso Brasileiro de Soja – Mercosoja 2022, que ocorre em Foz do Iguaçu, no Paraná.

“Na safra 2021/22, que foi a primeira comercial, foram 60 cultivares”, relata. Na safra de testes, em 2020/21, tinham sido 32 cultivares. “Uma biotecnologia nunca teve tantas cultivares em tão pouco tempo”, afirma.

A título de comparação, o entrevistado lembra que, em 2010, eram 5 cultivares com a tecnologia RR disponível no mercado brasileiro. “As parcerias são muito importantes para este crescimento que estamos vendo”, comenta Dessbesell. “Trazemos cultivares para testes dentro da Bayer, para contribuir no desenvolvimento delas”, ressalta. Por safra, são feitos cerca de mil ensaios pela marca.

Conforme o entrevistado, o cenário é cada vez mais desafiador, pois a “régua” de produtividade aumenta. “Buscamos um rendimento cada vez maior em cada cultivar”, explica. Já o grande número de cultivares, segundo ele, é necessário pois as lavouras não são uniformizadas. “Senão, o produtor perde produtividade”, frisa.

Outro objetivo da Bayer, para a safra 2022/23, é disponibilizar a nova tecnologia Intacta2 Xtend comercialmente para o Paraguai. “Queremos ter volume para a próxima safra no país vizinho”, finaliza Dessbesell.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com