Biossoluções impulsionam produção e sustentabilidade no agro

PARTILHAR

As soluções biológicas dentro do agronegócio estão divididas entre biodefensores e bioestimulantes, que podem atuar de forma isolada ou integrada entre si.

As soluções biológicas eram vistas como uma alternativa de cultivo aos químicos. As biossoluções, contudo, fazem parte de uma abordagem integrativa que potencializa os sistemas de produção do agronegócio. O tema foi abordado por debate no Estadão Blue Studio mediado pelo colunista José Luiz Tejon, do Canal Agro.

Os recursos biológicos possibilitam o aumento dos processos de nutrição, incrementam a proteção da planta e reciclam o material orgânico, gerando benefícios para o desenvolvimento da lavoura. “A microbiologia atua como um lubrificante na interface solo-planta”, afirmou o professor associado de Biologia do Solo Fernando Andreote, na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP).

Quais são as principais soluções biológicas para a agricultura?

imagem de uma pessoa segurando uma muda de planta com raiz
Os bioestimulantes têm a função de promover o desenvolvimento do pleno potencial da planta. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

As soluções biológicas dentro do agronegócio estão divididas entre biodefensores e bioestimulantes, que podem atuar de forma isolada ou integrada entre si ou com elementos químicos.

Os biodefensores buscam controlar bactérias, vírus, fungos, insetos e doenças. “Os bioestimulantes atuam em alguma rota metabólica da planta para promover mais eficiência”, explicou o gerente Plant Health na FMC, Antonio Soares.

Biodefensores

Os biodefensores atuam para evitar a infestação de pragas e de doenças nas plantas, estimulando as defesas vegetais a produzir camadas protetoras ou substâncias nocivas aos micro-organismos. A FMC oferece três soluções biológicas no mercado brasileiro descritas a seguir.

  • Presence: controla pragas nematoides nas lavouras de soja, feijão, algodão, milho e arroz, sendo feito à base de bacilos vivos que protegem as raízes.
  • Quartzo: também atua em nematoides, porém nos cultivos de cana-de-açúcar, tabaco, frutas, legumes e hortaliças, devendo ser aplicado no momento do plantio.
  • Regalia Maxx: combate à doença da pinta-preta nas lavouras de batata, feijão e tomate ao estimular o vegetal a produzir proteínas protetoras.

Bioestimulantes

Os bioestimulantes são muito mais do que um adubo orgânico. A composição deles é pensada para alcançar o potencial máximo de desenvolvimento vegetal. Confira alguns exemplos a seguir.

  • Crop evo: fertilizante orgânico com aplicação foliar nos cultivos de grãos, cereais, frutas, legumes e hortaliças, produzido a partir de um composto organomineral.
  • Seed+: fertilizante mineral misto aplicado em solo, sementes, folhas e culturas de grãos, cereais, frutas, legumes e hortaliças. É rico em magnésio, enxofre, ferro e zinco.

Qual é o futuro do uso de bioinsumos no agronegócio?

imagem de uma larva viva na plantação
As pragas devem ser combatidas por meio da associação de insumos biológicos com químicos. (Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A sinergia entre soluções biológicas e sintéticas foi apontada como o futuro do agronegócio. “Não é um mundo de ou isto ou aquilo, mas sim de isto e aquilo”, comentou Tejon. Dessa maneira, os bioinsumos devem ser usados em associação com as substâncias químicas para fortalecer a planta, melhorando a proteção e a produtividade da lavoura.

A relação entre o solo, as plantas e os sistemas microbiológicos tem de ser vista de uma forma global e interativa. “Começamos a entender o solo como um grande sistema em que a parte biológica está inteiramente conectada com os outros parâmetros, como a fertilidade, a qualidade física, os aspectos de manejo, entre outros”, avaliou Andreote.

“A FMC vai lançar um produto para manejo de mofo branco para as culturas de soja, algodão e feijão”, revelou Soares. A companhia tem uma unidade produtiva em Paulínia (SP) e outra na Dinamarca e planeja expandir o portfólio de soluções biológicas nos próximos três anos.

Fonte: Estadão Blue Studio, FMC, Mais Soja. Sociedade Nacional de Agricultura (SNA)

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com