BNDES suspende pedidos de crédito do Plano Safra

PARTILHAR
Sede do BNDES (Foto: (Divulgação / BNDES))

Segundo as informações divulgadas, o BNDES suspendeu novos pedidos de crédito para mais quatro linhas do Plano Safra; Confira!

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) suspendeu, novamente, pedidos de financiamento para linhas de crédito do Plano Safra 2021/22, que iniciou em 1º de julho, conforme circular divulgada no site da instituição de fomento.

O motivo alegado pelo banco é “o nível de comprometimento dos recursos”. Desta vez, as linhas comuns, os recursos se esgotaram a pouco mais de um mês de vigência do ano-safra foram as do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro); como o Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA); as do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) para operações de custeio e as do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf Investimento).

Na circular, o BNDES destaca que a suspensão, no caso do PCA, refere-se a operações destinada ao financiamento de uma ou mais unidades de armazenamento de grãos que, somadas, não ultrapassem 6 mil toneladas, com taxa efetiva de juros prefixada de até 5,5% ao ano. Em relação ao Pronaf investimento, a suspensão é exclusiva para as linhas de crédito de investimento com taxa de juros prefixada de até 4,5% ao ano.

“No caso do Pronaf Investimento, a suspensão de que trata este aviso não se aplica aos financiamentos à aquisição de caminhões de carga e motocicletas adaptadas à atividade rural, à aquisição de tratores e implementos associados, colheitadeiras e suas plataformas de corte, assim como máquinas agrícolas autopropelidas para pulverização e adubação, e à aquisição isolada de matrizes, reprodutores, animais de serviço, sêmen, óvulos e embriões, de acordo com as rubricas de equalização específica para tais finalidades consignadas na Portaria do Ministério da Economia nº 7.867, de 07/01/2021 “, detalha o BNDES, em circular.

Em 27 de julho, o BNDES já havia suspendido novos pedidos de financiamento na linha PCA, no caso, “para operações com taxa de juros prefixada de até 7% ao ano”.

E, em 10 de agosto, o bloqueio de novos pedidos ocorridos na linha Programa de Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (Prodecoop). Em todos os casos, por causa do esgotamento de recursos.

Fonte: Estadão Conteúdo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.