BNDES suspende pedidos de financiamento do Programa ABC

BNDES suspende pedidos de financiamento do Programa ABC

PARTILHAR
Produzindo Certo amplia contribuição para produção sustentável de alimentos na Amazônia e Cerrado
Foto: Divulgação

O motivo é o alto nível de comprometimento dos recursos disponíveis para a linha, mesma razão que levou ao bloqueio de novas contratações no Moderfrota.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) suspendeu o protocolo de pedidos de financiamentos no Programa ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) desde o dia 5 de novembro. O motivo é o alto nível de comprometimento dos recursos disponíveis para a linha, mesma razão que levou ao bloqueio de novas contratações no Moderfrota (máquinas agrícolas) e no PCA (investimentos em armazenagem) nas últimas semanas.

A suspensão do ABC vale para financiamentos de investimentos para recuperação de pastagens, plantio direto, tratamento de dejetos, fixação de nitrogênio, cultivo de florestas, produção em sistemas integrados, além do cultivo orgânico, de dendê e de culturas permanentes sustentáveis.

As linhas Inovagro e Moderagro também estão suspensas pelo BNDES. O banco ainda recebe pedidos de financiamentos via Moderinfra e Prodecap-agro e Prodecoop, para as cooperativas. Também está aberto às operações sem equalização federal do BNDES Crédito Rural.

O BNDES deve reabrir algumas linhas para novas contratações em breve, informaram executivos do banco ao Valor na semana passada. A instituição faz as contas do saldo disponível para operações equalizadas e quer suplementar a linha sem subvenção para atender à demanda aquecida por investimentos nessa safra.

As informações são do Valor Econômico.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com