Boi gordo: frigoríficos tateando o mercado

Boi gordo: frigoríficos tateando o mercado

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Também foi observado um maior volume de testes de preços abaixo das referências por frigoríficos que abriram as compras. 

Na última segunda-feira (10/6) o que se viu no mercado do boi gordo foi um grande volume de indústrias fora das compras aguardando definição do mercado para traçar as estratégias de compras da semana. 

Também foi observado um maior volume de testes de preços abaixo das referências por frigoríficos que abriram as compras. 

Na praça paulista a cotação da arroba do boi gordo registrou a quarta queda consecutiva e fechou, em média, em R$148,00, à vista, livre de Funrural. Houve ofertas de compra até R$3,00/@ abaixo desta referência, sem negócios. 

No Rio Grande do Sul, o cenário é o oposto do restante do país. Na região a oferta de boiadas está pequena e os frigoríficos estão com dificuldade para originar a matéria-prima, fator que pressionou para cima as cotações no fechamento do dia 10/6.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com