Boi gordo: mercado parado, mas firme

Boi gordo: mercado parado, mas firme

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

A semana começou mais fraca no mercado do boi gordo. Seguindo a tradição das segundas-feiras, diversos frigoríficos não abriram as compras no dia 24/6. 

Em São Paulo, a cotação do boi gordo, da vaca gorda e da novilha ficaram estáveis, contudo, foram verificados preços acima destas referências para os animais que se enquadram nos padrões da China. Segundo levantamento da Scot Consultoria, as indústrias pagam de R$2,00 a R$3,00 a mais por arroba para animais com menos de trinta meses. 

De forma geral, a oferta de gado terminado melhorou principalmente na região Sudeste e Centro Oeste porque o período frio e a falta de chuvas começaram a secar as pastagens e prejudicar a capacidade de retenção do pecuarista. 

Contudo, devido ao feriado prolongado de semana passada, muitos frigoríficos ficaram sem escalar gado e, apesar da maior oferta e da demanda contida de final de mês, as programações de abate mais justas podem sustentar o mercado nesta semana.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com