Boi: preços da carne voltam a subir

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Os preços da carne bovina voltaram a subir no mercado atacadista; primeira quinzena do mês é pautada por uma melhor reposição.

mercado físico de boi gordo teve um dia de preços acomodados nesta terça-feira (4).

Segundo o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, os frigoríficos ainda carregam uma frente relativamente confortável em suas escalas de abate, em condições de realizar tentativas de compra abaixo da referência média para as boiadas junto aos pecuaristas.

O mês de outubro costuma ter importância dentro da indústria frigorífica, uma vez que é um período onde as empresas começam os preparativos para atender a grande demanda de carne bovina que marca o final de ano.

Portanto, é possível que haja espaço para alguma recuperação dos preços a partir da segunda quinzena do mês em caso de encurtamento das escalas de abate, assinalou Iglesias.

Em São Paulo, Capital, a referência para a arroba do boi ficou em R$ 292.

No interior de Mato Grosso do Sul, a arroba foi indicada em R$ 267.

Na capital de Mato Grosso, a arroba ficou indicada em R$ 258.

Em Uberaba, Minas Gerais, preços a R$ 287 por arroba.

Na capital de Goiás, a indicação foi de R$ 260 para a arroba do boi gordo.

Preços no atacado

Os preços da carne bovina voltaram a subir no mercado atacadista.

A primeira quinzena do mês é pautada por uma melhor reposição entre atacado e varejo, estimulando a alta dos preços.

É importante mencionar que existem bons elementos de consumo no decorrer do último bimestre que justificam a eventual recuperação dos preços.

O quarto traseiro foi precificado a R$ 20,85 por quilo, alta de R$ 0,15.

O quarto dianteiro foi precificado a R$ 15,60 por quilo, alta de R$ 0,10.

A ponta de agulha atingiu o patamar de R$ 15,55 por quilo, alta de R$ 0,15.

Fonte: Agência Safras

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com