Bolsonaro percorre SP de olho em votos do Agro

Bolsonaro percorre SP de olho em votos do Agro

PARTILHAR
jair-bolsonaro-apontando
Foto: Divulgação

Tradicional reduto político do PSDB, o interior de São Paulo se tornou prioridade para o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

Amparado em pesquisas que o colocam à frente do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) no estado, Bolsonaro pretende avançar sobre o eleitorado tucano e os indecisos apoiando pautas como a liberação do porte de arma para moradores do campo, a flexibilidade em questões ambientais, a tipificação de invasões de sem-teto como terrorismo e o fim da demarcação de terras indígenas e quilombolas.

Na última quarta-feira, Bolsonaro começou uma turnê por cinco cidades do Oeste paulista, que termina na Festa do Peão de Barretos, no sábado. A caravana foi organizada por Luiz Antonio Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista (UDR). A campanha do deputado federal pretende fazer mais duas viagens ao interior ao longo da campanha. O agronegócio paulista é responsável por um quinto do produto interno bruto (PIB) do setor no Brasil inteiro.

Além de corpo-a-corpo no centro das cidades, o candidato deve participar de jantares com produtores agrícolas, empresários e industriais.

A ofensiva de Bolsonaro no reduto tucano ganha respaldo em recentes pesquisas de intenção de voto. Segundo o Ibope/TV Globo divulgado segunda-feira, Bolsonaro fica à frente de Alckmin no estado. Bolsonaro registra 22%, e Alckmin, 15%. Numa pesquisa anterior, também realizada pelo Ibope, Bolsonaro tinha 18% das intenções de voto, contra 15% de Alckmin. Bolsonaro estava atrás de Alckmin: 19% a 16%, respectivamente.

— Se conquistarmos o interior de São Paulo, ganhamos no primeiro turno — avalia o deputado federal Major Olímpio, candidato ao Senado e presidente do diretório paulista do PSL, apostando no maior colégio eleitoral do país.

Amanhã, o candidato estará na Feira do Peão de Boiadeiro de Barretos, onde esteve no ano passado e foi ovacionado ao dizer que prestava “continência ao homem do campo.”

O interior de São Paulo já vinha se aproximando de Bolsonaro em razão das pautas voltadas aos ruralistas.

— Ele já conquistou o agro e agora pretendemos capilarizar esse apoio a diversos setores do interior — diz Frederico d’Àvila, diretor da Sociedade Brasileira Rural e candidato a deputado estadual.

Ex-assessor de Alckmin para o agronegócio, D’Ávila encampou a campanha de Bolsonaro alegando que o tucano abandonou os compromissos com o campo.

— Aqui (interior de São Paulo) é decisivo para a eleição. Se ele ampliar a vantagem em São Paulo, acredito que teremos êxito para liquidar a eleição em primeiro turno.

Com informações do jornal O Globo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com