Brasil deve exportar 60% mais carne halal dentro de dois anos

Brasil deve exportar 60% mais carne halal dentro de dois anos

HALAL
Foto Divulgação.

Segundo Ali Saifi, diretor executivo da Cdial Halal, empresa de referência global em certificação halal, o Brasil deve iniciar este ano a exportação de carnes halal para a Indonésia.

O país representa um mercado com potencial de US$ 80 milhões. Em nota à imprensa, Saifi ainda afirma que, até 2020, as exportações brasileiras desses produtos devem crescer 60%. 

Além da posição de destaque que o Brasil tem como exportador de carne bovina e frangos, o país também lidera as vendas de carne Halal, que é feita especialmente para o consumo de muçulmanos. Atualmente, o país exporta esse tipo de produto para 22 países de cultura islâmica, o que representa um total de dois milhões de toneladas de carnes halal por ano.

Entenda a carne halal

“Halal”, em português, significa “lícito, autorizado”. Ou seja, o alimento halal é todo produto que é permitido no Islã para consumo, de acordo com as regras escritas no Alcorão, livro sagrado dos muçulmanos. No caso das carnes, existe uma série de regras que precisam ser respeitadas na escolha do animal, na forma de abate e no preparo da carne para armazenamento e transporte. O animal deve ser abatido por um muçulmano com a face voltada para Mca. E, na hora do abate, o profissional deve pronunciar o nome de Alláh.

Hoje produzimos somente 33% da nossa capacidade – diz.

Em 2017, segundo a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, a balança comercial do Brasil com as 22 nações da Liga Árabe bateu recorde, com saldo positivo de US$ 67 bilhões. O levantamento mostra que o Oriente Médio comprou 16% mais produtos brasileiros em 2017, e esse crescimento foi puxado, entre outros produtos, pelas carnes bovina e de frango.

Com a adição da Indonésia este ano, a demanda deve crescer ainda mais. Isso porque, segundo uma pesquisa conduzida pelo Pew Research Center, publicada em 2015 e atualizada em março de 2017, das 260 milhões de pessoas que vivem na Indonésia, cerca de 240 milhões (87%) são muçulmanos, o que representa quase 13% da população muçulmana mundial.

Fonte: Revista Globo Rural