Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Brasil é o pais número 1 em exportação para sete produtos diferentes do agro

Brasil tem chance de nos próximos dois ou três anos passar o Estados Unidos na exportação de milho

O investimento em ciência ao longo de décadas ajudou a posicionar o Brasil entre as potenciais mundiais produtoras de alimentos. Em 2021, o País registrou marcos importantes no agro: foi o maior exportador mundial de soja do planeta (91 milhões de toneladas); terceiro maior produtor de milho e feijão (105 milhões e 2,9 milhões de toneladas, respectivamente); mais de um terço da produção mundial de açúcar é gerado aqui, liderança absoluta no produto; e o maior volume de carne bovina exportada do mundo saiu daqui (2,5 milhões de toneladas).

Estudo elaborado pela Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (Sire) da Embrapa, sobre as exportações do Brasil nas últimas duas décadas, revela que o País ganhou posições importantes no mercado internacional, tanto na produção quanto na exportação agropecuária.

“Esses resultados são fruto de décadas de investimentos em pesquisa que transformaram o País na potência agrícola que é hoje”, diz o presidente da Embrapa, Celso Moretti. “Trata-se de um esforço contínuo e que não pode parar.

Uma das pessoas que trouxe essa informação à tona foi o Marcos Fava Neves. Ele é professor em tempo parcial das Faculdades de Administração da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto e da FGV em São Paulo. Engenheiro Agrônomo pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP) em 1991, fez toda a carreira de pós graduação em estratégias empresariais e chegou a professor titular da USP aos 40 anos de idade.

Confira, de acordo com a participação de mercado, os maiores produtos do Brasil:

1 – Laranja do Brasil

Foto: Divulgação

75% do que o mundo compra vem do Brasil. O relatório de julho sobre a citricultura mundial emitido e divulgado pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) mostram que o Brasil tem a liderança mundial na produção de laranja e suco de laranja, enquanto a China domina na produção de tangerinas e toranjas e o México continua sendo o principal produtor de limões e limas.

2 – Soja do Brasil

Foto: Divulgação

55% do que o mundo compra vem do Brasil. No ranking dos maiores produtores de soja do mundo, os líderes são Brasil, Estados Unidos e Argentina, mantendo esse título há mais de 15 anos. Juntos, esses três países produzem, por safra, mais de 320 milhões de toneladas de soja. Liderando este ranking, o Brasil é o primeiro maior produtor de soja do mundo, produzindo cerca de mais de 123 milhões de toneladas.

3 – Açúcar

Foto: Divulgação

Aproximadamente 40/ 43% do que o mundo compra, vem do Brasil.

O total de navios que aguarda para embarcar açúcar nos portos brasileiros estava em 78 na semana encerrada em 17 de maio, ante 79 na anterior, de acordo com levantamento realizado pela agência marítima Williams Brasil. Conforme o relatório, foi agendado carregamento de 3,44 milhões de toneladas de açúcar, ante 3,61 milhões na semana anterior.

A maior parte deste volume deve ser carregado pelo porto de Santos (SP), com 2,82 milhões de toneladas. Depois, aparecem os portos de Paranaguá (PR), com 560,23 mil toneladas, e Maceió (AL), com 61,1 mil toneladas.

A carga de açúcar a ser exportada é das seguintes variedades: VHP (3,4 milhões de toneladas), Cristal B-150 (25,08 mil toneladas) e TBI (11,8 mil toneladas).

4 – Frango do Brasil

Exportações brasileiras de carne de frango continuam crescendo em 2023
Foto: Divulgação

Um terço, ou seja, trinta e três por cento do que o mundo compra vem do Brasil.

Com isso, o Brasil somou 1,314 milhão de toneladas de produtos de frango (entre in natura e processados) no primeiro trimestre, volume 15,1% superior ao registrado no mesmo período de 2022, em meio a um incremento generalizado nas compras dos maiores destinos de exportações, em um momento em que o país estava preparado do ponto de vista da oferta.

“Uma soma de fatores influenciou o comportamento atípico das vendas internacionais de carne de frango no mês (passado), como, por exemplo, parte dos embarques atrasados de fevereiro”, disse em nota o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

5 – Café

grãos de café na xicara
Foto: Pixabay

O produto que oscila entre 25/ 28/ 30% do que o mundo compra vem do Brasil.

No começo de 2023, os Estados Unidos mantiveram o posto de principal comprador dos cafés do Brasil, ao adquirirem 512.402 sacas. A Alemanha, com representatividade de 15,6%, importou 442.430 sacas e ocupou o segundo lugar no ranking. Na sequência, vêm Itália, com a compra de 193.671 sacas; Bélgica, com 175.790 sacas; e Japão, com a aquisição de 144.649 sacas.

Entre os destaques positivos, aparecem as exportações dos cafés do Brasil para França e Holanda (Países Baixos). Sétimos entre os principais destinos do produto em janeiro, os franceses adquiriram 91.317 sacas. Os holandeses vêm na sequência, elevando suas importações em 33,2%, para 83.189 sacas.

6 – Carne bovina

carne de qualidade de nelore
Foto: Nelore Birigui

25% do que o planeta importa vem do Brasil.

Ao todo, o Brasil obteve US$ 13,091 bilhões (cerca de R$ 67,25 bilhões) em exportações de carne bovina no ano passado e movimentou 2.344.736 toneladas. Desse total, quase US$ 8 bilhões correspondem às vendas para China.

7 – Papel e celulose do Brasil

Foto Divulgação

Com novas marcas históricas de produção e embarques, o Brasil se consolidou como maior exportador de celulose do mundo. Enquanto a produção local da fibra chegou a 25 milhões de toneladas, alta de 10,9% frente a 2021, as exportações alcançaram 19,1 milhões de toneladas, salto de 22%, segundo dados da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

Curiosidades

E olha só, temos a chance, nos próximos dois ou três anos de passar os americanos no milho tá pertinho pertinho e passar os americanos no algodão. Aí o Brasil chegaria a liderança de nove dos principais setores do planeta, por isso que é o fornecedor mundial sustentável de alimentos e outros agroprodutos.

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM