Brasileiro bate recorde no consumo de ovos

Brasileiro bate recorde no consumo de ovos

PARTILHAR
ovos-galinha
Foto: Divulgação

Foram 212 unidades per capita em 2018, 20 a mais do que no ano anterior. Além de fazer bem para a saúde o alimento é uma fonte barata de proteína.

Recorde de curtidas no Instagram esta semana, o ovo também alcançou outra marca histórica: de consumo no Brasil. Em 2018, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Proteínas Animais (ABPA), cada brasileiro comeu em média 212 ovos durante o ano, 20 a mais do que em 2017. Os motivos foram as pesquisas que derrubaram a imagem do ovo como alimento prejudicial à saúde.

A principal delas foi realizada durante nove anos por cientistas das Universidades de Pequim (China) e Oxford (Reino Unido) com um grupo de 416 mil pessoas. A pesquisa comprovou que as pessoas que comem um ovo por dia reduzem de forma significativa os riscos de doenças cardiovasculares.

Além disso,  em 2018, o ovo também fez bem ao bolso do brasileiro. O aumento de 11% na produção, em relação ao ano anterior, derrubou os preços do alimento. De janeiro de 2018 a janeiro último, os preços médios da caixa de ovos registraram queda de 17,8%.

Para este ano, espera-se novos aumentos de consumo e produção, estimulados pela boa safra de milho, alimento básico das galinhas poedeiras. No ano passado, o Brasil produziu 44 bilhões de unidades, outro recorde. Em 2017, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), foram produzidos 39,6 bilhões.

Fonte: Globo Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.