“Busca paranoica” por produtividade pode levar a prejuízo

“Busca paranoica” por produtividade pode levar a prejuízo

PARTILHAR

Segundo, Marcelo de Rezende, presidente da Cooperideal, pecuarista precisa respeitar os limites do seu sistema de produção. Veja no vídeo abaixo!

A “busca quase paranoica” por produtividade na cadeia do leite pode esconder perdas para o pecuarista, segundo alerta Marcelo de Rezende, presidente da Cooperideal (Cooperativa para a Inovação e Desenvolvimento da Atividade Leiteira).

“A gente vê fazendas buscando de 35 mil a 40 mil litros por hectare ao ano. Isso é uma produtividade altíssima, mas que se não for bem conduzida, tira o produtor da situação de ótimo econômico”, ressalta o engenheiro agrônomo.

De acordo com Rezende, o produtor precisa avaliar as condições do seu próprio sistema de produção, respeitando os seus limites e potencialidades.

“Muitas vezes, o que o vizinho faz não se adequa à sua situação. O produtor precisa ter esse entendimento”, afirma o presidente da Cooperideal ao alertar que quanto mais próximo do limite máximo de produtividade, maiores os riscos assumidos pelo pecuarista.

“Às vezes você produz muito por área, mas está perdendo dinheiro. De repente se você estivesse produzindo menos numa determinada região, sem buscar tanto o limite da produção animal, conseguiria uma condição de mais segurança”, explica.

Confira a entrevista completa no vídeo abaixo:

Fonte: Portal DBO

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com