Cade aprova parceria entre Louis Dreyfus e Amaggi para intermediar fretes

Cade aprova parceria entre Louis Dreyfus e Amaggi para intermediar fretes

PARTILHAR
Foto: Governo do Estado de São Paulo

A nova empresa, com 50% do capital social de cada companhia, irá explorar uma plataforma digital de solução integrada para embarcadores e transportadores

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a formação de uma joint venture entre a Louis Dreyfus Company Brasil, do Grupo LDC, e a Amaggi Exportação e Importação Ltda., conforme despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, dia 3.

Pelo acordo, a nova empresa, com 50% do capital social para a Louis Dreyfus e 50% para a Amaggi, irá explorar uma plataforma digital que oferecerá solução integrada de intermediação de frete rodoviário para embarcadores e transportadores.

As empresas explicaram ao Cade que pretendem explorar comercialmente a plataforma digital, composta por um software web e um aplicativo mobile, para tornar viáveis: a integração de sistemas de frete; a gestão de atividades relacionadas ao transporte de cargas; a intermediação da contratação de fretes pelo agenciamento eletrônico de Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas (ETC) e Transportadores Autônomos de Carga (TAC); a colocação eletrônica de ordens de transporte de carga; e a gestão, manutenção e atualização de base de dados dos motoristas e prestadores de serviço de transporte de carga.

As companhias esclareceram ainda que a plataforma digital será acessível a todos os embarcadores que buscarem opções de frete rodoviário para suas cargas e a outras empresas de transporte de cargas, “inexistindo quaisquer preferências em relação ao Grupo LDC ou ao Grupo Amaggi, ou em relação a qualquer ETC ou TAC específico”. Além disso, a plataforma digital não exigirá do embarcador, de ETCs ou TACs, qualquer tipo de exclusividade.

Por Estadão Conteúdo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com