Cadeia produtiva debate propostas para plano plurianual, diz CNA

Cadeia produtiva debate propostas para plano plurianual, diz CNA

PARTILHAR
row of cows being milked
Foto Divulgação.

Dentre os destaques, foi discutida a criação de um seguro específico para os produtores de leite, como de proteção de margem. Veja a reportagem!

A construção de uma agenda estratégica para o setor lácteo foi discutida na terça-feira (12/2), em Brasília, durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados, informou em nota a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Após ter se reunido, no início do mês, com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o setor leiteiro nacional se comprometeu a discutir e apresentar propostas que integrarão um plano plurianual 2020/2023 para o agronegócio brasileiro, em elaboração no Ministério da Agricultura.

Conforme a CNA, os principais pontos debatidos foram política agrícola, defesa agropecuária, estrutura, organização e fomento da cadeia produtiva, pesquisa e inovação, mercado externo e assuntos fundiários.

Segundo o presidente da Câmara e da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA, Rodrigo Alvim, na área de política agrícola, por exemplo, a ideia é ampliar o acesso ao crédito, reduzindo taxas de juros junto aos bancos e flexibilizando os termos de garantia. Além disso, a criação de um seguro específico para os produtores de leite, como de proteção de margem, também foi tratado.

Em relação à defesa agropecuária, o setor pede a efetivação do Programa Nacional de Melhoria da Qualidade do Leite (PNQL), com metas claras e objetivas e a harmonização de procedimentos de inspeção. Para pesquisa e inovação, foi mencionada a validação de novos testes para diagnóstico de brucelose e tuberculose.

Fonte: Estadão Conteúdo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com