Campeão de nova raça chama atenção de público na Expointer

PARTILHAR
James Bond é o Grande Campeão de Esteio
Foto: Divulgação

Primeiro julgamento da raça Murray Grey no país chama a atenção de criadores e visitantes; com nome de astro de cinema, James Bond é o Grande Campeão de Esteio

Os nove exemplares de argola da raça Murray Grey, raça estreante na Expointer entre os mais de 4 mil animais participantes, pisaram pela primeira vez em pista para julgamento, no final da manhã desta quinta-feira (9/9). O touro Mister James Bond 007, box 1042, levou o título de Grande Campeão. O reprodutor, de 1180 quilos, nascido no Uruguai e importado para o Brasil, pertence à Cabanha Guarita, de Luiz Carlos Ardenghy Sobrinho, de Palmeira das Missões (RS).

A fêmea Grande Campeã é Silver 014, tatuagem 25, box 1045 e 720kg, também pertence ao criatório de Palmeira das Missões, que foi pioneiro da raça no Brasil, em 2013.

“Todos os animais são selecionados e muito bem trabalhados, mereceram a premiação. Além disso são muito bonitos, foi justamente a cor clara do pelo que me chamou a atenção, quando eu vi de longe, na Argentina. Sou um admirador deles”, comemora Ardenghy, que investe na multiplicação do rebanho da propriedade, no Noroeste gaúcho.

Entre os machos, o tourinho tatuagem TE120, box 1040, conquistou o Reservado Grande Campeão. O terceiro lugar ficou com o exemplar tatuagem TE 117, box 1041.

James Bond é o Grande Campeão de Esteio
Foto: Divulgação

Na categoria fêmeas, a Reservada Grande Campeã é Silver 26, box 1046 e em 3o lugar ficou a vaquilhona de tatugem TE121, box 1044. Todos os premiados são da Cabanha Guarita.

O jurado foi o técnico da raça e tradicional criador Flávio Montenegro Alves. “ Esse momento aqui é um divisor de águas e é uma honra ter sido o primeiro a julgar uma raça que eu admiro. O Murray Grey faz um belo trabalho pelas características que a raça traz no genótipo dela, de qualidade de carne, precocidade sexual e rusticidade. Já temos informações principalmente em cruzamentos no Brasil Central e no Norte, no acasalamento com zebuinos, está se adaptando perfeitamente lá. É uma raça que veio para ficar”, acredita o também integrante do Conselho Técnico da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC), onde o Murray Grey é registrado.

O julgamento, que inicialmente estava marcado para a última terça-feira (7/9), foi transferido devido à chuva.

O pecuarista Ardenghy também é presidente da Associação Brasileira de Murray Grey e Greyman (ABMGG) e se diz entusiasmado com a receptividade da entidade, fundada em 2020, na Expointer. “É uma edição histórica porque é a primeira feira que a raça participa, estreamos em plena Expointer. O nosso objetivo era mostrar a raça, que já é conhecida no mundo inteiro, para o Brasil. A visibilidade está acima da que esperávamos, já temos até a adesão de novos criadores. O que está acontecendo aqui é um grande dia para todos nós”, diz o dirigente, emocionado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.