Cana: safra 2022/23 Centro-Sul cresce 5% em produtividade

PARTILHAR
Aumento da área da cana-de-açúcar nesta temporada é a maior das últimas cinco safras sol
Foto: Divulgação

Os destaques positivos continuam sendo as regiões de São José do Rio Preto e Araçatuba, ambas no interior de São Paulo, com ganhos na produtividade acumulada.

As chuvas do início deste ano favoreceram o desenvolvimento dos canaviais no Centro-Sul, permitindo o crescimento de 5% na produtividade de cana da região. A média do acumulado de abril a agosto subiu de 72,3 toneladas, em 2021/2022, para 76 t/ha na atual safra.

Os números estão no “Boletim de Olho na Safra”, divulgado na segunda-feira (26) pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC). O material mostra uma produtividade dos canaviais superior em todas as regiões do Centro-Sul, exceto em Mato Grosso do Sul, que vem apresentando produtividades baixas durante toda a safra.

Os destaques positivos continuam sendo as regiões de São José do Rio Preto e Araçatuba, ambas no interior de São Paulo, com ganhos na produtividade acumulada de 17,2% e 10,7%, respectivamente. As duas regiões sofreram muito com as secas de 2020 e 2021. Dessa forma, com um melhor regime hídrico em 2022, elas apresentam um significativo aumento em TCH, porém com uma pequena queda de ATR.

Cana: ATR de agosto

Em relação à qualidade da matéria-prima (ATR), o boletim do CTC indica um cenário em agosto semelhante ao de julho, com variações negativas em praticamente todas as regiões. As exceções são Minas Gerais e Goiás, onde o elevado déficit hídrico e o armazenamento de água no solo inferior a 15% favorecem o acúmulo de sacarose e, em consequência, maiores valores de ATR.

No mês de agosto, o volume de chuva observado em Mato Grosso do Sul e em algumas regiões de São Paulo, como Assis e Piracicaba, contribuiu para um maior armazenamento de água no solo, favorecendo os plantios de ano e a formação de mudas para o plantio de ano e meio.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com