Câncer de mama: Algodão entra na campanha de prevenção

Câncer de mama: Algodão entra na campanha de prevenção

PARTILHAR
Foto: Tama/Divulgação

Embalagem na cor rosa alerta sobre a doença, parceria entre SLC Agrícola e Tama busca conscientização sobre necessidade de prevenção.

Uma campanha que envolve a SLC Agrícola, maior empresa produtora de grãos e fibras do país, além da Tama, empresa detentora da tecnologia para enfardamento do algodão, vai embalar fardos de algodão na cor rosa. A ação, intitulada Algodão Pela Vida, foi criada para conscientizar sobre o Câncer de Mama e alertar para a prevenção de forma a detectar precocemente a doença. A campanha será realizada em regiões próximas às Fazendas da SLC Agrícola na Bahia, como Barreiras e Luís Eduardo Magalhães.

Para a gerente de Gestão de Pessoas e Comunicação Corporativa da SLC Agrícola, Déa Machado, participar da campanha Algodão pela Vida traz um grande orgulho para a empresa. “Podemos incentivar nas mulheres a conscientização sobre a necessidade do exame para promover a detecção precoce do câncer de mama, caso haja, e levar para as comunidades próximas, às nossas Fazendas da Bahia, um pouco mais de esclarecimento sobre este tema tão importante para a saúde feminina”, ressalta.

Conforme o gerente de Marketing da Tama, Bruno Caetano Franco, a campanha já é realizada mundialmente, e pela primeira vez a SLC Agrícola está fazendo parte da ação. “Fizemos uma versão rosa justamente para provocar uma reflexão e também aproveitar o momento da colheita para trabalhar a prevenção do câncer de mama. Isso começou nos Estados Unidos quando um produtor de algodão nos solicitou para que fizesse o produto rosa em homenagem à sua falecida esposa, e aí então isso virou uma campanha global da Tama”, explica.

A iniciativa contará com apoio de entidades do setor do algodão, além de ações na mídia e nas redes sociais. Uma instituição de apoio e combate ao câncer de mama será escolhida para receber o apoio da ação.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.