Capacitação da Embrapa orienta como produzir mais carne e leite com menos...

Capacitação da Embrapa orienta como produzir mais carne e leite com menos água

PARTILHAR
Foto Divulgação.

A adoção de práticas hidricamente corretas impacta na competitividade da atividade e na sustentabilidade da produção agropecuária. Confira!

Como medir a quantidade de água utilizada para produzir carne ou leite? A Embrapa Pecuária Sudeste vai responder a essa pergunta durante capacitação em manejo da água e eficiência hídrica na produção animal. O evento virtual ocorre no dia 21 de outubro, das 9h às 12h.

A adoção de práticas hidricamente corretas impacta na competitividade da atividade e na sustentabilidade da produção agropecuária. De acordo com o pesquisador Julio Palhares, produz-se igual ou maior quantidade de carne e leite com menos litros de água. A ideia da capacitação é levar aos participantes conceitos e informações para possibilitar a aplicação desses princípios no dia a dia da fazenda e na tomada de decisões.

Na produção de carne e leite, a água é usada no consumo dos animais, lavagem das instalações e de equipamentos e irrigação, além da contida nos alimentos fornecidos. Palhares destaca que a gestão adequada na fazenda contribui para uma atividade agropecuária rentável e, principalmente, ambientalmente responsável.

“Manejos simples, mudança de hábitos e qualificação da mão de obra podem melhorar a eficiência hídrica. O produtor pode optar pela irrigação noturna, captar água da chuva para lavagem das instalações pecuárias, fazer fertirrigação, entre outras medidas fáceis de serem adotadas”, conta.

O curso online vai discutir consumos de água em sistemas de produção animal e como medi-los, como avaliar a qualidade da água e quais tecnologias podem ser utilizadas para manter os padrões ideais, e apresentar práticas para ter mais eficiência no uso dos recursos hídricos na propriedade.

Fonte: Embrapa Pecuária Sudeste

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com