Carcaça do boi atinge o menor valor desde abril

Carcaça do boi atinge o menor valor desde abril

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Maior oferta de animais e o baixo consumo interno pressionam o mercado. Veja como estão as cotações do mercado do boi gordo!

A combinação de maior oferta de animais e o baixo consumo interno resultou em quedas para o boi casado no atacado paulista.

Desde o início deste mês, a carcaça casada bovina recuou 3,25%, para R$ 10,43/kg, segundo dados da Agrifatto. “Trata-se do menor valor desde o início de abril deste ano”, informa a consultoria.

Escalas de abate das indústrias recuam

Apesar da estabilidade nos preços do boi gordo em São Paulo, a entressafra começa a ser sentida com maior peso. As programações de abate atendem, em média, cinco dias, ante sete dias na última semana, segundo dados levantados pela Scot Consultoria.

No entanto, como há dificuldade de escoamento da carne bovina no mercado doméstico, devido ao baixo poder aquisitivo da população, a cotação do boi gordo continua em estado de dormência, registrando apenas alterações pontuais em algumas praças.

Mercado firme no Pará

No Pará, a entressafra está definida e a menor disponibilidade de boiadas é evidente, segundo observa a analista Pâmela Andrade, da Scot Consultoria. Com isso, os frigoríficos estão pulando dias de abate e ofertando preços acima das referências em algumas regiões (caso de Marabá).

Fonte: Portal DBO

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com