Caso de raiva bovina é confirmado no DF, até onde vai o...

Caso de raiva bovina é confirmado no DF, até onde vai o cerco?

Caso de raiva
Foto Divulgação.

O caso de raiva bovina confirmado oficialmente em Sobradinho (Distrito Federal) já teve o cerco de prevenção estendido para 12 kms no entorno do foco.

Além da orientação para reforço na vacinação em bovinos e equídeos, há atenção especial em detectar todos os humanos que tiveram algum acesso ao bezerro que foi acometido pela doença para que sejam vacinados.

O animal acometido pela raiva pertencia a uma humilde família, dona também de uma única vaca, com propriedade em Lagoa Oeste, distrito de Sobradinho. A Defesa Sanitária, assim que a confirmação foi oficialmente comunicada pela Secretaria de Agricultura do DF (Seagri), passou a direcionar as equipes seguindo os protocolos de peri-focos, primeiro de 3 kms, depois para 5 e finalmente para 12.

Além de orientação aos proprietários rurais quanto à vacinação e quanto ao estado dos animais, segundo a Assessoria de Comunicação da Seagri os técnicos procuram também eles verificar se há animais com sintomas de apatia, paralisia, andar cambaleante e mordida de morcego – principal origem da raiva bovina.

Na Federação da Agricultura e Pecuária do Distrito (Fape), o assistente técnico Avay Miranda também informou que está contatando todos seus associados, inclusive fora do entorno de Sobradinho, para que fiquem atentos às suspeitas sobre a doença.

Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas