CATI promove palestra sobre doença bovina na Expô Fernadópolis

CATI promove palestra sobre doença bovina na Expô Fernadópolis

Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes

A bovinocultura leiteira e de corte estão entre as cadeias produtivas de grande importância para os municípios que compõe a Regional de Fernandópolis.

Em especial, a bovinocultura leiteira representa muitas vezes a única fonte de renda de muitas famílias, estando presente em todos municípios da nossa Regional. Nos últimos anos a Tripanossomose Bovina tem sido diagnosticada de forma cada vez mais frequente, em bovinos dos rebanhos de diversos municípios, sendo apontada como causadora de mortalidade e outros prejuízos econômicos. Temos recebido com frequência a solicitação de maiores informações sobre o tema por parte de produtores e médicos veterinários da nossa região.

Outra situação, que nos causa muita preocupação com relação a essa doença, está no fato de que, muitos dos rebanhos de nossos municípios são afetados anualmente com altas infestações pela mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans) relacionadas a fertirrigação com vinhaça em áreas de plantio de cana-de-açúcar, uma vez que diversos pesquisadores alertam para a possibilidade de que estes insetos hematófagos possam participar como transmissores mecânicos do Trypasoma vivax, podemos estar diante de uma grave situação de risco para a disseminação dessa enfermidade em nossos rebanhos. Sendo assim, a realização da palestra teve como finalidade principal elucidar os principais aspectos epidemiológicos, os métodos de diagnóstico e as medidas necessárias ao controle e prevenção dessa grave enfermidade.

O evento foi realizado no Recinto de Exposições de Fernandópolis, tendo como palestrante o Méd. Vet. Paulo Henrique S. Sampaio do Instituto Biológico de São Paulo. Estiveram presentes diversos produtores rurais de diferentes municípios da região, técnicos da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), Instituto Biológico, Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), além de médicos veterinários autônomos e alunos de medicina veterinária da Universidade Brasil localizada em Fernandópolis, totalizando 132 pessoas.

A palestra foi realizada através do Programa de Sanidade em Agricultura Familiar (PROSAF) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, tendo como organizadores a CATI Regional de Fernandópolis e o Instituto Biológico.

Ao término do evento foi servido almoço de confraternização a todos os participantes , patrocinado pela empresa Ceva Brasil, fabricante do Vivedium, produto à base de Isometamidium, sendo esse o único produto licenciado para o tratamento da tripanossomose no país.

Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes

Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Tripanossomose-bovina-expo-fernandopolis1
Foto: Claudio Camacho Pereira Menezes
Por
Claudio Camacho Pereira Menezes
Médico Veterinário – MSc.
CATI/SAA