Alma gaúcha, curiosidades, números e cores do cavalo Crioulo

Alma gaúcha, curiosidades, números e cores do cavalo Crioulo

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Já falamos da história do Crioulo aqui, agora aproveitamos para mostrar alguns números.

O cavalo da raça mais caro chega a R$ 16,25 milhões. O cavalo mais caro da raça crioula é JLS Hermoso, de propriedade da Cabanha Maior, de Santa Catarina, avaliado em R$ 16,25 milhões.  Por conta de seu temperamento e movimento, ele produziu animais de alta qualidade morfológica e funcionalidade muito competitiva.

Cadejo da Maior, filho do garanhão JLS Hermoso, é o segundo mais caro, avaliado em R$ 6 milhões e o terceiro é Destaque Maior, avaliado em R$2,5 milhões, também filho de JLS Hermoso.

jls-hermoso-cavalo-crioulo
JLS Hermoso

Empresários e profissionais de áreas como a medicina, engenharia e advocacia têm sido atraídos pela alta rentabilidade do mercado de cavalos crioulos, tornando-se os responsáveis por quase 600% da sua valorização na última década.

2-  Procura cada vez maior

A raça crioula é uma das que mais cresce em todo o Brasil. 35 mil animais nascem todo ano. Os melhores são preparados para as competições e depois de ganharem fama, servem de matriz para a procriação gerando animais cada vez melhores e mais valorizados no mercado. O valor médio de um animal com procedência é de R$ 25 mil. A Associação Brasileira de Cavalos Crioulos diz que a cadeia produtiva da raça rende R$ 1,2 bilhão anual, apenas em leilões, além da geração de empregos, entre eles os ginetes, responsáveis por domar e montar cavalos crioulos. As competições servem de vitrine para os animais mostrarem suas habilidades.

3 – Rusticidade

No Brasil, são de 3000 criadores associados à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos e a razão para investir está nas características de cada animal adquiridas ao longo do tempo, como a rusticidade. O crioulo se adapta a qualquer região do Brasil.

Normalmente são criados livres, em grandes pastos, e quando chegam à idade adulta são laçados e domados. O crioulo é o cavalo do gaúcho pra lida de campo, um dos cavalos mais fortes e mais saudáveis que existe, um atributo à sua ascendência espanhola. É capaz de viver em condições de extremo calor o frio com  mínimo de alimentação, tem incrível resistência e é famoso pela longevidade.

Cavalo-Crioulo

4 – Alma gaúcha

A raça crioula se originou de animais de sangue andaluz e berbere, que chegaram ao  continente com os descobridores europeus.  O crioulo pode ser encontrado sobre formas ligeiramente diferentes e uma grande variedade de nomes, em todo o continente Sul Americano. No Brasil, por exemplo, é o ‘Crioulo Brasileiro’.

Há mais de 500 anos se desenvolveu livre nos campos do Chile, Uruguai e Argentina. Somente nos últimos dois séculos, os animais tentaram ser usados pelos fazendeiros, incluindo os gaúchos, que tornaram o cavalo crioulo a  raça oficial do Estado, uma história que hoje segue forte pelos campos do país.

5 – Cavalo do Freio de Ouro

O Freio de Ouro é a maior prova da raça Crioula e onde podem ser comprovadas as habilidades de cavalo e do ginete, reproduzindo nas pistas os trabalhos do dia a dia no campo.

Testa-se a doma, a resistência, a docilidade, a aptidão e a coragem, que formam a funcionalidade do cavalo crioulo.

Freio-de-ouro

Esta prova inicia com os concorrentes sendo submetidos e uma nota morfológica, a de maior peso, passando então para as etapas de Andadura, Figura, Volta sobre Patas, Esbarradas, Mangueira, Bayard/Sarmento e Paleteada.

Pelagens Básicas

De acordo com o padrão da raça, o Cavalo Crioulo pode apresentar uma infinidade de pelagens, com exceção da pintada e albina total. Confira abaixo as variações mais comuns destas.

  • Baia
  • Bragada
  • Colorada
  • Gateada
  • Lobuna
  • Moura
  • Oveira
  • Pangaré
  • Picaça
  • Preta
  • Rosilha
  • Tobiana
  • Tordilha
  • Tostada
  • Zaina

Fonte http://www.cavalocrioulo.org.br/studbook/pelagens

Pelagens compostas

  • Alazão chamalotado ou apatacado: quando tem manchas mais claras e arredondadas
  • Alazão dourado: o típico com reflexos do ouro
  • Alazão típico: o que tem a cor da brasa ou da cereja
  • Alazão ruano: quando tem a cauda e crina claras
  • Branco albino, melado ou rosado: quando há uma despigmentação congênita, inteira ou parcial, das pestanas e da íris. Sua pelagem tem reflexos rosados. É sensível ao sol
  • Baio branco ou claro: é uma tonalidade de creme desmaiado
  • Branco mosqueado: o que leva pelo corpo, em forma irregular, pontos pretos do tamanho de uma mosca
  • Branco porcelana: o que tem manchas pretas que, por transparência, produzem reflexos azuis da porcelana por meio dos pêlos brancos
  • Baio achamalotado ou apatacado: quando apresenta manchas redondas e mais claras do que o resto do corpo
  • Baio amarelo: é como uma gema de ovo, quando estendida numa porcelana branca
  • Baio encerado: quando tem a cor mais escura, parecendo-se com a cera virgem
  • Baio cabos negros: quando tem as extremidades dos membros, da cauda e a crina escuras
  • Baio cebruno: também escura, levando no corpo manchas mais escuras do que o baio encerado
  • Baio dourado: quando tem reflexos do ouro
  • Baio ovo de pato: quando tem uma cor amarelado creme. Sua crina, cauda e cascos também são cremes
  • Baio ruano: é um baio com a cauda e crina claras
  • Colorado típico: é avermellhado com o tom claro
  • Colorado pinhão: tem a cor do pinhão
  • Cebruno ou barroso: com a tonalidade mais escura do que a do baio cebruno, parecendo-se com a cor do elefante
  • Douradilho pangaré: é o que tem o focinho, axilas e ventre mais claros
  • Gateado típico: é um baio escuro acebrunado nas quatro patas e com uma linha escura, que vai da cernelha à garupa, com aproximadamente dois dedos de largura
  • Gateado osco ou pardo: é mais escuro que o típico, assemelhando-se ao gato pardo
  • Gateado pangaré: o que tem o focinho, as axilas e o ventre com a pelagem mais clara
  • Gateado ruivo: o que tem a cauda e a crina aproximada a cor do fogo
  • Lobuno claro: quando se parece com a plumagem de uma pomba
  • Lobuno escuro: quando mais escuro do que o lobuno claro
  • Zaino claro: da cor da castanha
  • Zaino negro: como a castanha mais escura
  • Preto típicob tem a tonalidade semelhante ao carvão
  • Preto azeviche: preto vivo com reflexos brilhantres
  • Tordilho claro: quando tem predominância de pelos brancos
  • Tordilho negro: predomina os pelos pretos. Com a idade vai se tornando claro
  • Tordilho chamalotado ou apacatado: quando com manchas arredondadas mais claras
  • Mouro negro: se parece com o tordilho negro, com tonalidade azulada
  • Mouro claro: é um gris azulado
  • Oveiro azulego: é um mouro claro com manchas brancas
  • Oveiro bragado: quando em qualquer pelagem portam manchas isoladas no baixo ventre
  • Oveiro chita: é overo com manchas brancas salpicadas num fundo rosilho
  • Oveiro de índio: qualquer pelagem com manchas de tamanho médio
  • Oveiro chita: é overo com manchas brancas salpicadas num fundo rosilho
  • Rosilho abaiado: quando tem pelos amarelados entre o vermelho e o branco
  • Rosilho claro ou prateado: quando predominam os pelos brancos sobre os vermelhos
  • Rosilho colorado: quando predominam os pelos vermelhos sobre os brancos
  • Rosilho gateado: é um gateado com pelos brancos
  • Rosilho mouro: é uma mescla entre pelos vermelhos, brancos e pretos
  • Rosilho overo: quando dentro da pelagem rosilha tem manchas brancas
  • Rosilho tostado: quando tem pelos tostados em lugar dos vermelhos
  • Tobiano baio: é um baio nas mesmas condições dos demais tobianos
  • Tobiano colorado: é um colorado nas mesmas condições do tobiano negro
  • Tobiano negro: é um preto com manchas brancas grandes divididas com o preto
  • Tobiano gateado: é um gateado nas mesmas condições dos demais
  • Zaino claro: da cor da castanha
  • Zaino negro: como a castanha mais escura
  • Também existem tobianos cebruno, alazão, douradilho, zaino, tordilho, etc

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.