Cavalo mais caro do mundo vale R$ 360 milhões, veja!

Cavalo mais caro do mundo vale R$ 360 milhões, veja!

PARTILHAR
Fusaichi Pegasus

Qual o maior valor já visto em uma negociação de cavalos? Conheça o Fusaichi Pegasus, considerado o cavalo mais caro do mundo até hoje, vendido por U$ 70 milhões!

O mercado dos equinos, de forma geral, movimentam milhares de reais por ano. Além de ser um grande setor, gerando emprego e renda, o mercado possui seus admiradores. Mas afinal de contas, quanto você pagaria em um cavalo? Talvez 100, 200 ou quem sabe 1.000 reais? Está caro para você? Imagine então que o cavalo mais caro do mundo, em números corrigidos, vale hoje mais de U$ 70 milhões, cerca de R$ 360 milhões considerando o dólar no valor atual.

Vamos conhecer agora o famoso cavalo, o Fusaichi Pegasus, um animal que deixaria qualquer um milionário com a sua genética. O recorde de preço, alcançado em 2000, até hoje não conseguiu ser quebrado. Além desse, vamos listar outros cavalos mais caros do mundo, confira!

No caso desses cavalos que são vendidos e arrematados em leilões milionários, uma das principais coisas que os compradores observam são os títulos do animal. No caso do nosso amiguinho logo abaixo, ele é um sucesso nas competições, sendo referência por todo o mundo.

Pois é, no mundo existe gente para tudo e os cavalos são uma paixão para uma galera aí. O garanhão, puro sangue, deu uma bolada para seus donos após vencer uma corrida tradicional nos Estados Unidos. Se quer saber como funciona esse mercado e como foi feita essa venda, Confira abaixo!

Em 2000, um cavalo chamado Fusaichi Pegasus foi vendido por US$70 milhões – o que equivalente a quase R$360 milhões, no valor do dólar de hoje -, tornando-se o cavalo mais caro do mundo.

Nascido em 1997, foi vendido com um ano em 1998 por apenas US$4 milhões (R$14 milhões). Assim, como filho do garanhão Mr. Prospector, grandes expectativas foram postas em Pegasus. Expectativas que deram certo.

Contudo, os donos de Pegasus nem quiseram acreditar quando o investimento deles de US$4 milhões ganhou a maior corrida de cavalos do mundo, a Kentucky Derby em 2000.

Assim sendo, após esta grande vitória, rapidamente os proprietários do cavalo receberam uma oferta que não podiam recusar. Além disso, o grupo irlandês de criação Coolmore Stud ofereceu US$70 milhões pelo Pegasus.

Apesar da sua decepcionante atual carreira como cavalo de reprodução, Fusaichi Pegasus ganhou um total de US$1,994,400 (R$7,113,729) durante a sua carreira como cavalo de corrida.

Fusaichi é uma combinação do nome do seu primeiro dono, Fusao, e do número um em japonês, ichi.

Linhagem do Fusaichi Pegasus
Fusaichi Pegasus
Estatua em Homenagem ao Fusaichi Pegasus

Confira abaixo a lista de cavalo mais caro do mundo, de acordo com o valor de venda desses animais:

2. Shareef Dancer – US$40 milhões

Shareef Dancer foi um puro-sangue americano e é atualmente o segundo dos cavalos mais caros do mundo.

Na Inglaterra, nos estábulos Godolphin de Mohammed bin Rashid al Maktoum (atual Primeiro-Ministro e Vice-Presidente dos Emirados Árabes Unidos), Shareef Dancer foi gerado por Northern Dancer e Sweet Alliance.

Em 1983, aos três anos de idade, Shareef foi vendido por US$40 milhões – o equivalente a quase R$142 milhões -, um preço recorde por um próspero garanhão.

Este cavalo americano teve uma carreira muito bem-sucedida e rentável. Entrou em 5 corridas, ganhando três delas e ficando uma vez em 2º lugar.

3. Totilas – US$21 milhões

Quebrou vários recordes de pontos registrados em competição. Além disso, é considerado um dos maiores cavalos de dressage. O garanhão holandês Totilas é o terceiro dos cavalos mais caros do mundo.

Totilas é o único cavalo de dressage que conseguiu acima de 90 pontos em uma competição e assegura atualmente o recorde mundial de maior pontuação no Grand Prix Freestyle Dressage.

Mas, infelizmente, a partir do momento em que Totilas foi vendido a uma propriedade alemã em 2011 pelo preço de US$21 milhões (por volta de R$75 milhões), o seu nível de sucesso mudou.

A performance de um dos cavalos mais caros caiu a pique, sofreu ferimentos, e mais alarmante, os donos e treinadores de Totilas foram acusados de abuso e crueldade animal.

4. Annihilator – US$19 milhões

Contudo, da sua marcante crina às suas qualidades físicas, Annihilator foi considerado um cavalo especial tanto para corridas de cavalos como para apresentações em eventos.

Gerado por Niatross, vencedor do Little Brown Jug e Meadowlands Pace em 1980, e Wish Me Wings, este cavalo destacou-se imediatamente pelo seu passo, ritmo e presença, algo muito valorizado entre proprietários de cavalos de corrida.

Além disso, estas qualidades tornaram-no desejável. E, assim, talvez esse tenha sido o motivo de Annihilator ter sido vendido por US$19 milhões, qualquer coisa como R$67 milhões. Este valor valeu-lhe a entrada no top dos cavalos mais caros do mundo.

5. The Green Monkey – US$16 milhões

Atualmente o cavalo que detém o recorde do potro puro-sangue mais caro vendido em leilão, o The Green Monkey é outro descendente do lendário Northern Dancer. Com tal linhagem, grandes feitos eram esperados deste cavalo.

Em 2006, três pessoas juntaram-se para cometer a terrível decisão de comprar The Green Monkey, de apenas dois anos, por US$16 milhões (R$57 milhões).

Como um dos mais caros cavalos de corrida, The Green Monkey, foi um autêntico fracasso, competindo apenas em três corridas antes de se retirar em 2008. Assim, sua melhor qualificação foi o 3º lugar em uma corrida em que ele era um dos favoritos para ganhar.

Seus ganhos de carreira foram os meros US$10,440 (R$37 mil), relativamente pouco para um dos cavalos mais caros do mundo. Desde que se aposentou, The Green Monkey tem vivido na Flórida como reprodutor com uma taxa de US$5 mil (R$17 mil).

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com