Cavalo pantaneiro ganha força com leilões da raça

PARTILHAR
3º leilão virtual da raça pantaneira deve movimentar mais de R$ 1 milhão; serão leiloados 80 animais, no dia 7 de agosto, às 10h (de Brasília), pela ABCCP
Foto: Divulgação

3º leilão virtual da raça pantaneira deve movimentar mais de R$ 1 milhão; serão leiloados 80 animais, no dia 7 de agosto, às 10h (de Brasília), pela ABCCP

Com expectativa de movimentar mais de R$ 1 milhão, o 3º leilão virtual do cavalo pantaneiro consolida a participação de criadores mato-grossenses e sul-mato-grossenses no circuito nacional de eventos da raça. Serão leiloados no dia 07 de agosto, às 10h (Brasília), 80 animais pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Pantaneiro (ABCCP). A transmissão ocorrerá pelo canal Terra Viva; mas poderá ser acessada pelo aplicativo da Estância Bahia, “EBLweb”.

Desde o ano passado, os criadores pantaneiros resolveram apostar em novas alternativas de comercialização dos animais para superação da crise. O esforço ajudou a ampliar as vendas a estados vizinhos, como Pará, Rondônia, Goiás e também para a Bolívia.

“Os leilões virtuais ganham cada vez mais força e adeptos. Por isso, vamos dar continuidade ao trabalho iniciado no ano passado, seguindo todas as precauções à saúde e sem exposições presenciais, estamos muito otimistas”, avalia o presidente da ABCCP, Leandro Pio.

Foto: Divulgação

Do total de 80 animais, estarão disponíveis: 8 machos reprodutores; 10 cavalos machos castrados prontos para o trabalho e provas de laço; uma bateria de 10 a 15 éguas prontas para provas de laço e trabalho; uma bateria de potras iniciadas em doma; e uma bateria de potras chucras e potros chucros, prontos para início de doma.

O diretor da ABCCP, Breno Molina, do Haras Onça Pintada, reforça que uma das grandes vantagens do cavalo pantaneiro é o seu valor genético, pois descendem de animais utilizados pelas tropas portuguesas.

Foto: Divulgação

“Em geral, são animais de porte médio, ótimo desempenho funcional e agilidade em provas equestres (enduro e rédeas), com exemplares bem colocados em competições nacionais. São reconhecidos por sua rusticidade, resistência e versatilidade”.

O último leilão da associação alcançou média de venda de reprodutores a partir de R$ 24 mil; fêmeas por mais de R$ 11 mil e os machos castrados R$ 7,8 mil. Criadores de vários estados participaram, entre eles, Pará, Rondônia, Goiás e a Bolívia. Cadastros e lances pelo (65) 2121-6700.

Associação – Criada em 1972, conjuntamente com as associações regionais, a Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Pantaneiro (ABCCP) trabalha com programas e ações de conservação e valorização da raça.

Existem atualmente cerca de 5 mil cavalos pantaneiros puros registrados na ABCCP, com mais de 130 criadores associados, localizados em 21 subregiões. O número total estimado de equinos pantaneiros é 100 mil.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.